"Minha irmã nasceu para ser modelo. Eu,não"diz Patrícia Barros

"Minha irmã nasceu para ser modelo. Eu,não"diz Patrícia Barros

Atriz fala sobre as mudanças de sua vida que incluem casamento e uma nova carreira

Um casamento para ser marcado e uma novela que, além de ter levado um ano para entrar no ar, representa a estreia como protagonista. São situações que levariam qualquer mulher a um ataque de nervos. Mas não Patrícia Barros, 30 anos, protagonista de Corações Feridos, no horário nobre do SBT, e noiva do empresário Marcos Campos, 44, desde junho passado. ""Sobre a novela, há situações que não dependem da gente, então é melhor se resignar. Sobre o casamento, Marcão e eu estamos juntos há quatro anos muito bem, praticamente moro no apartamento dele, não quero casar de noiva. Pressa de casar e marcar a data? Eu não! Para quê"", diz a atriz, que é irmã da top model Ana Beatriz Barros, 29.

Mineira de Itabira, Patrícia e a irmã foram descobertas por um ""olheiro"" de uma agência de modelos numa praia no Rio, quando viviam na cidade. Começaram a trabalhar na mesma época, no início da adolescência, e dividiram apartamento em Nova York e Paris. Patrícia fez campanhas para marcas como Christian Dior Cosmetics e Guess, mas, aos 20 anos, decidiu mudar de foco. ""Viajar e não ter rotina era uma delícia, mas percebi que meu prazer não era fotografar, mas atuar. Minha irmã é alta, nasceu para ser modelo. Eu, não"", diz Patrícia, que tem 1,70 metros. Ela então estreou em 2008 em Malhação. Amanda, a mocinha da novela de Iris Abravanel, 62, é seu segundo trabalho. ""Tenho uma família amorosa, começo uma nova vida profissional, vou fazer uma peça neste ano (O Covil da Beleza, produzida por ela)... Tive sorte na vida.""

Casamento

""Ainda não marcamos a data do casamento. Sei que não será neste ano. Alguns me perguntam por que então ficamos noivos, mas isso sela um compromisso, uma intenção de ficar junto para sempre. Ainda não vimos imóvel nem nada. Passo mais tempo no apartamento do Marcos do que no meu, tem roupas minhas lá e ajudei a decorar o espaço. A gente se fala toda hora. Não temos pressa de casar. Sobre a cerimônia, só sei de uma coisa: não vou usar vestido de noiva (risos). Fiz tanto catálogo de casamento no Japão que ?bodiei? (risos). Nem do branco faço questão. Penso em algo simples, um jantarzinho em família, no cartório. Sonho com um casamento duradouro, quero ter filhos logo, formar uma família. Isso é o mais importante.""





Fonte: contigo