"Acho ele um gato", diz a Miss Priscila Machado sobre o namorado Bruno De Luca

"Acho ele um gato", diz a Miss Priscila Machado sobre o namorado Bruno De Luca

Quem faz a rotina carioca de Priscila mais feliz também tem nome e sobrenome: o apresentador Bruno De Luca

Priscila Machado é brasileira e não desiste nunca. A gaúcha de 25 anos, que começou a participar de concursos de beleza aos 11, só faturou o título de Miss Brasil na terceira tentativa. Era a última vez que poderia participar da seleção, já que completou a idade máxima exigida pela organização. ?Sou teimosa, sempre achei que poderia ganhar?, conta.

Há exatos 113 dias Priscila ostenta a tão sonhada faixa. As viagens são constantes, mas quando está no Brasil, fica no apartamento cedido pelo concurso, no Flamengo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Foi no bairro que ela posou para o EGO, com direito a cartão postal como cenário, o Pão de Açúcar. ?Adoro a energia do Rio Até num dia de chuva parece que está tudo ótimo?.

Quem faz a rotina carioca de Priscila mais feliz também tem nome e sobrenome: o apresentador Bruno De Luca. A miss se diz nem aí para os comentários de que seria uma tonelada de areia para o caminhãozinho do namorado. ?Sempre tem alguém para dar opinião, né? As pessoas são invejosas. Não me importo, somos muito bem-resolvidos e estamos firmes. Gosto do Bruno como ele é, o acho lindo, um cara incrível. Estou apaixonada?, diz. ?É fútil se importar só com a beleza. Tem tanta gente legal no mundo... A beleza está no olho de quem vê, e eu acho o Bruno um gato?, comenta ela, que usa o celular e a internet para driblar a distância por causa das viagens a trabalho.

Ritual de beleza

Priscila tem que cumprir os compromissos como miss e também mantém a agenda cheia com trabalhos como modelo. Ao vencer o concurso, ganhou R$ 200 mil de garantia em contratos, valor que ela diz ainda não ter conseguido juntar. A organização do Miss Brasil cede moradia e dá auxílio no dia a dia, mas ela não recebe ajuda de custo mensal. ?Eles estão sempre me ligando para saber se estou bem, se arranjei o médico que precisava...?, conta.


Miss Brasil fala sobre ritual de beleza e namoro com De Luca:

A organização também fica de olho no visual de Priscila, que deve manter a mesma aparência de quando ganhou o título. Cortar e pintar os cabelos, jamais. Engordar também não é coisa de miss. ?Tenho que estar bem, faz parte da imagem que as pessoas têm da miss?, diz ela, que mede 1,80m, pesa 62 quilos e tem 95cm de quadril, 65cm de cintura e 90cm de busto.

Sair de casa com a cara lavada nem pensar. ?Noventa e nove porcento das vezes saio maquiada?, admite. ?Mas não acho um problema porque gosto, tenho essa vaidade?. O ritual de beleza da miss também inclui dois litros de água por dia, protetor solar fator 50 quando vai à praia (ela não usa diariamente), creme para suavizar as olheiras, outro para as mãos, um terceiro para os pés e ainda outro para o corpo. Malhação na academia ou ao ar livre também fazem parte do dia a dia, é claro. ?Mas nem sempre tenho tempo de fazer isso tudo?, lamenta Priscila, que jura se sentir feia - pelo menos de vez em quando. ?Geralmente quando acordo, porque fico com os olhos muito inchados?.

A genética é boa ? ?meu pai é magrinho e nunca malhou?, diz ela -, mas Priscila, filha de um metalúrgico e de uma dona de casa, também contou com a ajudinha de um cirurgião plástico. Antes do concurso, fez lipoaspiração, rinoplastia e botou implantes de 300ml de silicone em cada seio. ?Eram coisas que me incomodavam e não eram mudanças drásticas, apesar de o regulamento permitir plásticas. Eu tinha cara de mulher e corpo de menina?, conta, justificando a turbinada no busto. ?Se é para melhorar, para se sentir bem, a mulher tem que fazer mesmo?.

Fonte: ego noticias