Mister Brasil Diversidade elegerá gay mais belo do País

Adryan Cardoso, do Distrito Federal, de 21 anos, é vendedor

No dia 23 de junho, o Teatro Brigadeiro recebe a segunda edição do Mister Brasil Diversidade, concurso que elegerá o gay mais belo do País. A novidade neste ano é que o evento ocorrerá na mesma semana da parada LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e travestis), considerada a maior do gênero no mundo.

Além de precisarem passar por um ano de concurso e serem assumidamente homossexuais, os candidatos não podem ter idade inferior aos 18 anos nem superior aos 35, além de necessitarem ser brasileiros ou ao menos naturalizados no País.



Os 11 concorrentes ao título de Mister Brasil, que passarão por entrevistas e ensaios fotográficos ao longo dos três dias de concurso, também não podem ter qualquer ligação com a indústria de entretenimento adulto.

A intenção da competição é dar visibilidade à comunidade LGBT no Brasil. Segundo a organização, a escolha dos candidatos foi feita tanto pela beleza e aspectos físicos quanto por seus conhecimentos culturais e políticos relativos à temática do concurso. No entanto, os organizadores informaram que ainda há muita relutância dos aspirantes em participar de concursos como este.

O primeiro colocado recebe como prêmio R$ 5 mil, além do destaque de capa na revista A Capa; o segundo, um fim de semana em Buenos Aires com um acompanhante; e o terceiro, um cruzeiro pelo Brasil para duas pessoas.

Fonte: Terra, www.terra.com.br