"Moranguinho queria vestido de graça e ousado para seu peso", diz estilista

Era ele quem vinha confeccionando o vestido de noiva que ela usaria no casamento com o funkeiro, marcado para segunda-feira, 23, no Rio.

Dois meses antes do casamento de Moranguinho com Naldo, a parceria entre a dançarina e o estilista George Moreira chegou ao fim. Era ele quem vinha confeccionando o vestido de noiva que ela usaria no casamento com o funkeiro, marcado para segunda-feira, 23, no Rio.

Em conversa com o EGO nesta quinta-feira,, 19, o costureiro contou que vários foram os problemas que motivaram o fim da parceria. ?Ela não queria pagar o vestido. Caridade só faço para quem é muito pobre e batalhador. Não tenho por que não cobrar um vestido de noiva de alguém que vai se casar com um cara que tem um carro de R$ 250 mil e cobra em média R$ 160 mil para fazer show. Claudia Raia, Glória Pires, mulheres poderosas como elas, sempre pagaram as criações que fiz?, afirmou George.

Outro obstáculo que motivou o fim do "romance" entre Moranguinho e George foram as exigências da noiva quanto ao modelo. Segundo ele, Ellen Cardoso não aceitava as sugestões do estilista e sonhava com um vestido de enormes decotes: ?Eu queria repaginá-la. Mas ela me disse que estava mais para Cleópatra do que para princesa Kate (Middleton). Estava moldando o vestido em seu corpo para disfarçar seu excesso de peso. Moranguinho copiava modelos na internet e queria que eu misturasse tudo e criasse um vestido. Eu disse que sou estilista e não costureiro. Tentei explicar para ela que as modelos que vestem as roupas da internet têm 1,80m e pesam 53kg. Ela não tem esse físico e queria um modelo tomara que caia. No que eu ia apertando, a gordura, aquela embaixo do braço, ia subindo. Se ela ainda tivesse feito uma lipo, disfarçava. Mas não é o seu caso?.

Em recente viagem com Naldo aos EUA, Moranguinho contou ao EGO que realmente não consegue resistir a uma guloseima. "Eu sou enjoada com alimentação. Não como carne vermelha. Gosto mesmo de saladinha. A única coisa que não resisto é aquele frango frito. Adoro!".

George chegou a ter prejuízo com o vestido de Moranguinho. As três provas da roupa que fez foram em um tecido de tela especial, mas a seda para a confecção do modelo já havia sido cortada. ?Tenho fornecedores que preciso pagar. Vivo de fazer e criar vestidos. Outro problema que havia era que, como ela está sempre com o Naldo, não tinha tempo de experimentar a prova, o que dificultava meu trabalho. Ela ia no meu atelier e não abria a boca para falar em pagar. No terceiro encontro que tivemos, conversamos e sugeri colocar um ponto final no trabalho?.



Fonte: EGO