Morre aos 69 anos o jornalista Mauro Chaves em SP

Chaves era formado em direito pela PUC de São Paulo e tinha pós-graduação em administração de empresa pela FGV e em comunicação pela USP.



Morreu, na noite dessa quinta-feira (10), o jornalista Mauro Chaves, no Hospital Bandeirantes, em São Paulo. Mauro tinha 69 anos e estava internado devido a complicações renais e respiratórias.

Além de comentarista do Jornal da Gazeta, Mauro Chaves era articulista e editorialista do jornal O Estado de S.Paulo. O local e horário do sepultamento ainda não foram informados pela família.

Chaves era formado em direito pela PUC de São Paulo e tinha pós-graduação em administração de empresa pela FGV e em comunicação pela USP. Antes de seus 30 anos lançou seu primeiro livro, Três Contos Artificiais, e desde então se dedicou à criação de peças teatrais, livros, produção de roteiros para o cinema e críticas política e social.

Aos 32 anos, em 1974, recebeu um prêmio especial do Serviço Nacional de Teatro pela peça Os Executivos, encenada por Beatriz Segall e Ariclê Perez, com direção de Silnei Siqueira. No final dos anos 70, com o diretor Carlos Reichenbach e os atores Luiz Gustavo e Sandra Bréa, produziu Capuzes Negros.

Em Cabeça e Corpo, em 1983, Chaves abordou os conflitos e as ironias da vida conjugal. É autor, também, de O Dólar Azul, O Virulêncio e do ensaio A Evolução das Ideias no Brasil, que teve como supervisor Azis Ab"Sáber.

Fonte: Terra