Melancia fala da carreira e dispara: "Diziam que não ia durar três meses"

Em seu aniversário de 25 anos, Andressa Soares conta que o funk lhe deu uma vida melhor.

Enquanto calça sapatos com saltos gigantes e cheios de glitter, Andressa Soares tenta se equilibrar para que seu vestido justo não mostre mais do que deve. Muito divertida, ela faz até piada sobre não ser mais tão jovem quanto antes.


Mulher Melancia fala da carreira e dispara:

Acontece que a famosa Mulher Melancia completa nesta quinta-feira (28) apenas 25 anos de idade. De perto, a beldade aparenta ser ainda mais jovem, já que o rosto de traços delicados contrasta com o corpo sarado e o icônico "bumbum GG gigante".

Andressa revelou em entrevista concedida ao site R7 detalhes sobre sua vida e carreira. Ela falou sobre o sucesso internacional, sobre as coisas que conseguiu comprar com o dinheiro do funk e até sobre as pessoas que tentavam convencê-la que a fama seria passageira. Jovem, a funkeira mostra que tem os pés no chão e é bem consciente do sucesso: "Sempre tentei fazer uma carreira limpa".

Confira a entrevista:

Você tinha apenas 18 anos quando começou sua carreira. Como foi o início de tudo?

Andressa Soares: Muita gente me disse para aproveitar em quanto fosse possível, diziam que eu não ia durar nem três meses. As pessoas me diziam para guardar tudo que eu pudesse de dinheiro para ter alguma coisa. Eu ficava com isso de que ia ser passageiro na cabeça, mas, ao mesmo tempo, queria conquistar mais meu espaço.

Você achava que sua carreira ia dar certo ou tinha medo?

Andressa Soares: Eu sempre quis que desse certo, sempre fiz por onde. Tento correr de polêmica, de brigas, de falar mal dos outros e até de namoro. Sempre escondi ao máximo. Agora com seis anos de carreira que eu resolvi assumir alguém. Mas é isso, sempre tentei fazer uma carreira limpa.

Você ganhou bastante dinheiro com o funk?

Andressa Soares: Vou te falar que o que eu ganhei, hoje me deixa viver muito bem. A gente não tinha nada. Eu e minha mãe somos de uma família bem humilde. Nunca passei fome, mas a gente não tinha casa própria nem nada. Hoje, graças a Deus, posso dizer que vivo muito melhor.

O que você conseguiu comprar com seu dinheiro?

Andressa Soares: Eu tenho imóveis, um salão de estética e um carro normal. Não vou dizer que eu tenho uma Ferrari, porque seria mentira [risos]. Não tenho luxos, mas vivo muito bem.

Já se sentiu pressionada ou ofendida com comentários sobre o seu corpo?

Andressa Soares: Em momento algum eu me senti ofendida ao ser chamada de gorda. Muita gente diz até que eu ajudei a mudar um pouco o conceito de beleza. Antigamente, as mulheres eram magras demais, secas. Hoje em dia elas têm bumbum ou até colocam bumbum [risos]. Não, é sério. Um dia a mulher tá sem nada, no outro aparecem com um popozão [risos]. Não vou falar que fui eu que mudei isso, mas acho que ajudei um pouquinho.

Você está fazendo sucesso em vários países, não é?

Andressa Soares: Depois que eu participei de A Fazenda, minha carreira explodiu ainda mais. Fui quatro vezes para o Caribe, seis vezes para Paris e umas nove vezes para os Estados Unidos.

A internet te ajuda nesse sentido de espalhar sua música?

Andressa Soares: A internete ajuda todos os artistas. Quem disser que não, está mentindo [risos]. Hoje as pessoas fazem as coisas pensando na internet, num vídeo pro Youtube. É por isso que sucessos de músicas como a os Lek Leks é tão grande.

As pessoas de outros países conheceram sua música através da internet?

Andressa Soares: Também, mas no Caribe um DJ que veio para o Rio, ouviu a música e levou para lá. Já em Paris, eu saí na capa de um CD que apresentava o funk e fez o maior sucesso.

Fonte: Extra