Mulher Melancia festeja seis anos de carreira e diz: ‘Bumbum é o mesmo’

Funkeira fala do começo da carreira, da rotina de shows e da luta contra a balança: "Meu principal vilão é um prato de massa"

Quando surgiu balançando seu bumbum gingante na Dança do Créu, muita gente apostava que a Mulher Melancia seria um fenômeno passageiro, datado para morrer com o verão de 2008. Seis anos depois, no entanto, Andressa Soares, a dona do derrière de 121 cm, continua na ativa. Em termos de carreira, nem é tanto tempo assim. Mas neste período ela virou símbolo sexual, posou nua seis vezes, começou uma carreira solo como cantora ? antes, ela era apenas dançarina -, e se mantém ativa nos palcos.

Agora ela está prestes a estrear uma turnê por todo o país, com uma estrutura muito maior do que tinha no início da carreira e uma média de pelo menos 15 shows por mês: ?Antes, fazia três, quatro shows por noite. Ficava morta?, lembra ela.

De ruim, só mesmo a luta com a balança - que a vida desregrada na estrada impede de estabilizar em alguns números a menos. Confira mais do papo:

Você está há seis anos na cena funk. O que mudou desde que começou?

Ficou mais profissional e ganhou qualidade. Hoje me preocupo com a produção da minha música, procuro sempre os melhores produtores do mercado.Também tenho estilista e meu figurino é pensado e criado em cima do meu show, com peças exclusivas.

Acha que o funk se valorizou ao longo desse tempo?

Sim. Ganhou mais espaço e foi aplaudido pela elite. Saiu do gueto definitivamente e conquistou as pistas de dança de todo Brasil. Como sempre falo, sou funkeira com muito orgulho!

Ganha mais dinheiro com o funk hoje?

Isso é uma consequência da evolução do funk. Para ter um produto de qualidade você precisa de investimento, e isso reflete no aumento da quantidade dos shows e no valor do cachê . No final, quem sai ganhando é o público, que assiste a um show com mais recursos técnicos, figurinos mais elaborados e coreografias criadas por profissionais capacitados.Hoje piso no palco muito mais segura.

Além do bumbum, outro assunto recorrente em relação a você é a questão do peso. Você emagreceu no final do ano passado mas voltou a engordar, não?

Tirei o fim do ano para descansar, relaxar e confesso que desencanei, mas já estou correndo atrás do prejuízo.

Quanto você engordou?

Não faço ideia, mas sei que aproveitei bem as festas (risos). Meu principal vilão é um prato de massa. Amo!

Já está tentando recuperar a forma para os palcos ou está bem assim?

Sou muito bem resolvida em relação ao meu corpo e volto aos palcos neste final de semana. Já voltei a malhar, mas ainda quero perder alguns quilinhos.

E os fãs, o que preferem: Melancia magrinha ou mais cheinha?

Ah! Eles adoram minhas curvas, e meu biotipo é de mulherão mesmo. Independentemente de emagrecer ou engordar, o meu bumbum continua o mesmo. Posso até alterar meu peso, mas o bumbum fica lá... imponente (risos).

E o namorado: prefere como?

Como está (risos)!


Mulher Melancia festeja seis anos de carreira e diz: ?Bumbum é o mesmo?

Mulher Melancia festeja seis anos de carreira e diz: ?Bumbum é o mesmo?

Mulher Melancia festeja seis anos de carreira e diz: ?Bumbum é o mesmo?

Mulher Melancia festeja seis anos de carreira e diz: ?Bumbum é o mesmo?

Fonte: EGO