"Na Moral" termina hoje, e Pedro Bial já prepara segunda temporada

"O programa pegou, como se diz. Falou com todo mundo", disse.

Pedro Bial, 54, encerra nesta quinta (30) um ciclo e está feliz. Termina hoje a primeira temporada de "Na Moral", programa de debate que vinha batalhando para ter na Globo desde 2008.



"O programa pegou, como se diz. Falou com todo mundo. Passei por Jacarepaguá [na zona oeste do Rio] e vi um "pagode Na Moral". Para mim foi uma espécie de consagração", diz Bial.

A atração manteve a média de 12 pontos --boa se comparada a resultados do horário neste ano-- e voltará em 2013.

"A ideia é não desmobilizar. O programa não vai estar no ar, mas continuaremos a trabalhar na reportagem, na pesquisa. Abrimos a picada. Agora vai virar uma estrada."

No último episódio, o "Na Moral" discute a fama e recebe Xuxa Meneghel como DJ.

Sobre os temas que fizeram parte do primeiro ciclo, Bial destaca privacidade ("Teve uma proposta de abraçar o contraditório"), casamento gay ("Foi histórico") e dinheiro ("Com uma proposta de reality show").

Quando às críticas de que a atração seria superficial, o apresentador faz um mea-culpa: "O primeiro programa foi mal editado. Era a estreia, é natural. Mas depois ganhamos ritmo e embalamos".

Antes de voltar ao "Na Moral", Bial comandará o "Big Brother Brasil 13".

"Agora estou alimentado, com a libido a mil, mas o "BBB" é só em janeiro, daqui a quase 2.000 anos para mim."

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br