Nana Gouvêa relata desespero nas ruas de NY após um tiroteio

Nana Gouvêa relata desespero nas ruas de NY após um tiroteio

Atriz conta que foi alertada pelo marido americano sobre a tragédia.

Vivendo há um ano em Nova York, Nana Gouvêa conversou nesta sexta-feira, 24, e relatou o clima na cidade depois do tiroteio que aconteceu perto do Empire State Building, em Manhattan, pela manhã. A atriz mora perto do edifício com o marido, o agente musical americano Carlos Keyes, e viu a aproximação dos helicópteros da polícia pela janela de seu apartamento usando binóculo.

"As pessoas estão desesperadas. Eu fui dormir supertarde ontem e estava dormindo ainda quando o Carlos [marido de Nana] abriu a porta do quarto e disse: "My Love! It"s having a shooting in the Empire State". A carinha dele estava muito triste, apreensivo. Os nossos telefones estão tocando sem parar, as pessoas querem saber se estávamos na rua, se estamos bem. É tudo muito triste quando esse tipo de tragédia acontece por aqui ou em qualquer lugar do mundo", contou.

"As pessoas estão muito tristes. Sempre que acontece algo parecido aqui, como a tragédia da estreia do filme "Batman", no mês passado, a sensação que me dá é de pavor no olhar das pessoas. Eles estão sempre com medo de que alguma grande tragédia como a do 11 de setembro aconteça de novo. Triste, muito triste", completou.

Apesar dos últimos acontecimentos, Nana garante que Nova York é um bom lugar para viver e que se sente em casa. "Aqui tem muita gente louca, mas é uma excelente cidade para começar tudo de novo, como estou fazendo. Adoro morar nos Estados Unidos. Tenho uma familia enorme, superunida, e muitos bons amigos por aqui. Só sinto falta mesmo é da minha família do Brasil, dos amigos que deixei, e das gravações no Projac. Estou bem e em paz", disse Nana.

Fonte: Ego, www.ego.com.br