Não tinha direito de concorrer a melhor diretor, diz Ben Affleck

Ben Affleck levou o prêmio de melhor filme, anunciado pela primeira-dama dos EUA, Michelle Obama.

O ator e diretor Ben Affleck, que conquistou o Oscar de melhor filme por "Argo" na noite do último domingo (24), admitiu em entrevista nos bastidores da cerimônia que chegou a ficar desapontado por não ter sido indicado na categoria de melhor diretor, mas concluiu que concorrer ao prêmio não era um "direito" seu.


Não tinha direito de concorrer a melhor diretor, diz Ben Affleck

"Não é como se eu tivesse "direito" ao Oscar, estou honrado apenas de participar da cerimônia ao lado de diretores tão importantes", disse ele.

"Claro, fiquei desapontado, mas quando vi os grandes diretores que ficaram de fora também, como Paul Thomas Anderson e Kathryn Bigelow -- que são incríveis-- além de Tom Hooper e Quentin Tarantino, percebi que era uma bobagem me sentir assim. O ano teve uma safra muito boa de filmes."

Segundo Affleck, apesar da importância do cinema independente, "o Oscar é fundamental por ajudar a indústria do cinema e contribuir para que se possa fazer filmes melhores, mas todo prêmio deixa muita gente talentosa de fora".

O Oscar deste ano terminou sem nenhum vencedor absoluto e com poucos momentos de brilho. Os destaques acabaram ficando com os tropeços: Kristen Stewart, a Bella de "Crepúsculo", apresentou um prêmio mancando, enquanto Jennifer Lawrence pisou no próprio vestido, um Dior, e foi ao chão quando subia as escadas para receber o prêmio de melhor atriz por "O Lado Bom da Vida".

Daniel Day-Lewis, que viveu o presidente abolicionista Abraham Lincoln no filme "Lincoln", de Steven Spielberg, levou o prêmio de melhor ator.

Spielberg, por sua vez, não conseguiu confirmar seu favoritismo e perdeu para Ang Lee na categoria de direção. Com "As Aventuras de Pi", o taiwanês levou seu segundo Oscar para casa (o primeiro veio em 2005, com "O Segredo de Brokeback Mountain").

Anne Hathaway, por "Os Miseráveis", e Christoph Waltz, por "Django Livre", ficaram com os prêmios de coadjuvantes.

*

VEJA A LISTA COMPLETA DOS VENCEDORES:

Filme

"Argo"

Diretor

Ang Lee ("As Aventuras de Pi")

Ator

Daniel Day-Lewis ("Lincoln")

Atriz

Jennifer Lawrence ("O Lado Bom da Vida")

Ator coadjuvante

Christoph Waltz ("Django Livre")

Atriz coadjuvante

Anne Hathaway ("Os Miseráveis")

Roteiro original

Quentin Tarantino ("Django Livre")

Roteiro adaptado

Chris Terrio ("Argo")

Filme estrangeiro

"Amor" (Áustria/França)

Montagem

William Goldenberg ("Argo")

Direção de fotografia

Claudio Miranda ("As Aventuras de Pi")

Animação

"Valente"

Direção de arte

"Lincoln"

Mixagem de som

"Os Miseráveis"

Edição de som

"007 - Operação Skyfall" e "A Hora Mais Escura"

Figurino

"Anna Karenina"

Trilha sonora

Mychael Danna ("As Aventuras de Pi")

Canção

"Skyfall", Adele ("007 - Operação Skyfall")

Documentário - longa

"Searching for Sugar Man"

Documentário - curta

"Inocente"

Efeitos visuais

"As Aventuras de Pi"

Maquiagem

"Os Miseráveis"

Curta de animação

"Paperman"

Curta live-action

"Curfew"

Fonte: Folha