Naomi Campbell: "Achei que não fosse chegar aos 40"

Em entrevista à revista “Live”, top afirma que vai “quando acha que precisa” ao AA

Naomi Campbell, que completa 40 anos no dia 22 de maio, resolveu fazer um balanço de sua vida. Em uma entrevista reveladora à revista ?Live?, do jornal ?Daily Mail?, a top falou sobre drogas no backstage, celulares arremessados gritos, viagens pelo mundo e namorados famosos. "Achei que não fosse chegar aos 40", afirmou.

A modelo conta que frequenta o AA (Alcoólatras Anônimos) para combater seu vício no álcool e nas drogas: "Não vou todo dia, vou quando acho que preciso. Entendo que é o que me mantém no caminho certo. E tenho meu "sponsor" também, pra quem posso ligar sempre".

Naomi também comentou a época em que consumia muita cocaína: ?Me sentia invencível, como se pudesse conquistar o mundo?. Ela também enaltece a ajuda de amigos. ?Não gosto de gente que fica me bajulando. Gosto das pessoas honestas, que botam o meu pé no chão. Vivi uma fase horrível, entre 1998 e 2005, em que era muito difícil me olhar no espelho. Era tão normal viajar pelo mundo o tempo todo, que parar, sentar e me analisar dava medo. Não sabia quem eu era?, diz.

A modelo afirma que quer levar uma vida bem mais tranquila. ?As coisas que importam quando você tem 20 já não são as que você dá valor quando está chegando aos 40?. Ela não pretende continuar sendo uma assídua frequentadora de baladas. ?Eu já estive na noite, hoje não quero mais ficar acabada?.

A top evita falar sobre os ex-namorados ? entre eles Mike Tyson, John Kennedy Jr, Silvester Stallone e Robert De Niro ?, pois prefere falar sobre o atual, o bilionário russo Vladimir Doronin: "Estou morando na Rússia agora com ele. E estou muito feliz".

Fonte: Quem