Nova ameação: Mais uma carta com ricinina é enviada a Obama

Nova ameação: Mais uma carta com ricinina é enviada a Obama

As três cartas foram enviadas em 20 de maio em Shreveport, Louisiana, e não tinham identificação de remetente.

Uma nova carta com ricinina, uma potente substância tóxica, foi enviada nesta quinta-feira ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, um dia depois de um documento similar ter sido encaminhado ao prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, informou o Serviço Secreto.

Segundo as autoridades, a carta, que não chegou a entrar nas instalações da Casa Branca, foi examinada para comprovar se continha algum elemento tóxico após ser observado que o postal era muito parecido com os enviados ontem a Bloomberg e ao grupo contra armas presidido pelo prefeito.

O texto do documento era idêntico ao documento enviado a Bloomberg e dizia: "o que tenho nesta carta não é nada comparado com o que tenho planejado para ti", segundo fontes policiais afirmaram para a emissora "NBC".

As três cartas foram enviadas em 20 de maio em Shreveport, Louisiana, e não tinham identificação de remetente. A polícia não encontrou impressões digitais nos documentos.

Em meados de abril, uma carta com a mesma substância venenosa foi enviada ao presidente americano e ao senador republicano Roger Wicker, ambas assinadas com a frase "Sou KC e aprovo esta mensagem".

A carta dirigida a Obama foi interceptada em uma agência dos correios durante um controle rotineiro, mas criou alarme por uma possível vinculação com os atentados de Boston, o que foi rapidamente descartado.

Uma terceira carta de aparência suspeita foi enviada ao gabinete do senador democrata Carl Levin em seu estado natal, Michigan. EFE

Fonte: Yahoo