Novela do SBT terá cenas de tortura

O elenco completo da trama está listado no convite

Em março o SBT deve colocar no ar duas novelas ao mesmo tempo. Enquanto ?Corações Feridos?, de Íris Abravanel, vai investir em temas adocicados, o que é comum nas tramas do Anhanguera, ?Amor e Revolução?, de Tiago Santiago, pretende mostrar o país em tempos de ditadura.

Quem leu os primeiros roteiros garante: não há espaço para água com açúcar ou muitos momentos de humor nesta história. Serão mostradas fortes cenas de tortura. Parte do elenco se mostrou surpresa que a emissora se arrisque num projeto como esse. Resta saber como a audiência estritamente familiar do SBT vai reagir ao clima pesado dos anos de ditadura.

Ao contrário do folhetim escrito por Íris, que já foi completamente gravado, este ainda está em fase de produção. Para colocar os atores no clima, a emissora promoverá nos dias 3 e 4 de janeiro um workshop com a presença de nomes como Dilea Frate e Fernando Gabeira, que lutaram contra os anos de chumbo e sofreram abusos nas mãos dos militares.

Chama atenção que o nome de alguns ex-globais no elenco. Além da já anunciada Lúcia Veríssimo ? contratada a peso de ouro e com direito a camarim exclusivo ? assinaram com o SBT Marcos Breda e Paulo César Pereio. Patrícia de Sabrit faz seu retorno às novelas e Tiago Abravanel, neto de Silvio Santos, ganhará um papel.

Fonte: IG