Número de mortos pelas chuvas em SP sobe para 12

Entre as vítimas de São José dos Campos, estão duas crianças de 3 e 11 anos e uma senhora de 54.

O Corpo de Bombeiros contabiliza pelo menos 12 mortes na Grande São Paulo e interior do Estado por causa das chuvas que começaram a cair ainda na noite de segunda-feira. Entre as vítimas fatais estão cinco mulheres em São José dos Campos, três pessoa em Mauá, mãe e filha na zona norte, uma pessoa na zona sul da capital paulista e uma em Mogi.

Entre as vítimas de São José dos Campos, estão duas crianças de 3 e 11 anos e uma senhora de 54. Outros dois adolescentes, de 13 e 16 anos, foram socorridos com vida a um hospital local. O acidente ocorreu na avenida Rio Comprido, por volta das 23h. Cinco casas foram soterradas.

Em Mauá, uma pessoa morreu com o desmoronamento de uma casa na rua Vereador Alberto Ratti, 623. Outras duas pessoas morreram com o desabamento de uma casa na rua Dorival Rezende da Silva. Ainda na cidade, na rua Zoado Ferreira da Silva, 209, duas pessoas ficaram feridas e foram socorridas pelos bombeiros.

Por volta de 0h30, mãe e filha morreram após o desmoronamento de uma casa no bairro Furnas, zona norte de São Paulo. Elas chegaram a ser socorridas a um pronto socorro, mas não resistiram aos ferimentos. A residência ficava na rua Virgínia de Araújo, 450.

Também por volta da 0h, um barranco desmoronou sobre uma casa, localizada na rua Nilton Machado de Barros, 675, Parque Fernanda, região do Capão Redondo, zona sul paulista. Os bombeiros chegaram ao endereço a 1h e, uma hora depois, encontraram uma pessoa com vida. Mais tarde, porém, foi noticiada a morte de uma pessoa, cujo sexo ainda não foi identificado.

Em Mogi, os bombeiros confirmaram a morte de uma pessoa, que foi arrastada pela correnteza após a chuva desta madrugada.



Fonte: Terra, www.terra.com.br