“Nunca falei que sou gay”, afirma Netinho

Netinho usou seu blog para reclamar da edição da entrevista que concedeu ao “Fantástico”

Netinho usou seu blog para reclamar da edição da entrevista que concedeu ao ?Fantástico?, falando sobre sua opção sexual, exibida nesse domingo (4), na Globo. "Lamentável a pobre edição que fizeram da entrevista que dei a Renata Ceribelli. O programa desperdiçou uma bela oportunidade de aprofundar o assunto sem ser tão superficial como foi diante de tanta coisa bacana que eu falei", escreveu.

O cantor postou na íntegra suas declarações ao programa, dizendo que só aceitou conceder a entrevista para poder passar sua experiência e visão sobre o assunto.

"Vivi uma experiência de relação com uma pessoa do mesmo sexo, relação essa que teve a mesma base de sustentação de qualquer outra relação: a paixão, o amor, o companheirismo e tudo o que de positivo você conseguir imaginar que pode acontecer entre duas pessoas. O fato de ter tido junto a mim uma pessoa do mesmo sexo não me modificou em nada como homem, como pai, como filho, como irmão e como amigo. Ao contrário, apenas me acrescentou. Me mostrou que o amor tem uma dimensão muito maior do que a que eu imaginava. Me mostrou que o amor está acima de cor, raça, idade, condição financeira, sexo, de tudo! Meu jeito de falar, de andar, de vestir, de pentear... nada disso foi alterado. Eu continuei a ser a mesma pessoa, prezando a minha masculinidade, gostando de fazer as mesmas coisas, tendo a mesma relação com o espelho, com o meu eu interior e com os outros", contou Netinho.

"Nunca falei em lugar algum que sou "gay" pois não gosto da conotação que esta palavra tem aqui no Brasil. E não gosto de me rotular. Em nada. Não sinto que tenho que me situar numa categoria. Hoje o meu amor, o meu desejo podem estar direcionados a uma pessoa do sexo oposto e amanhã a uma do mesmo sexo. Isso pra mim não importa desde que estas relações sejam sempre motivadas pelo amor."



Fonte: Quem, revistaquem.globo.com