Nunca iria para a TV Globo sem o Pânico, diz Polvilho após boatos

Há duas semanas ele anunciou no programa que havia recusado a proposta da emissora

O humorista Eduardo Sterblitch contou que resolveu fazer do limão uma limonada quando começaram a circular os boatos de que estava deixando o "Pânico na Band" rumo à Globo.


Nunca iria para a TV Globo sem o Pânico, diz Polvilho após boatos

Por isso, há duas semanas ele anunciou no programa que havia recusado a proposta da emissora carioca, embora, na verdade, a notícia fosse completamente falsa.

"Eu achei superengraçado e a gente brincou com isso", afirmou. "Nem teve proposta nem nada."

"Não tem como, o meu contrato é de três anos", disse. "Quando você assina com alguma emissora a Globo, por ética, liga para a Band para perguntar como é que está o contrato."

"Eu nunca iria para a Globo sem o "Pânico"", avaliou. "Se eu for é porque é muito dinheiro ou então para um projeto muito legal que eu goste muito."

"O "Pânico" dá muita liberdade editorial", revelou. "Na Globo eu não teria 50% da liberdade que eu tenho."

"A Globo dá muitas facilidades, mas eu não trabalho para ter facilidades, mas para fazer o que eu curto", concluiu.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br