NX Zero na primeira noite do Carnafest

O Carna Fest terá as bandas NX Zero (primeira atração da noite), Forró Di Kunforça e Brigitte Bardot, Hanna e Amor Real

A cidade de Luís Correia já está em contagem regressiva para o maior Carnaval do Piauí. O Carna Fest, que começa hoje e segue até o dia 24 de fevereiro na arena da Praia de Atalaia, trará grandes e diversificadas atrações para agradar aos mais variados públicos. ?O folião pode esperar a maior mistura de ritmos do Meio-Norte do Brasil. Teremos música para todos os gostos. Do axé ao forró, do pop à música eletrônica?, antecipa Douglas Alexandre, diretor de marketing e eventos.

O Carna Fest terá as bandas NX Zero (primeira atração da noite), Forró Di Kunforça e Brigitte Bardot, Hanna e Amor Real, DJ Fábio, DJ Dudu Carioca, Furacão do Forró e Companhia do Calipso, que agitarão o público da arena. No bloco Crocodilo Beach, as atrações são Babado Novo, Patchanka, Voa Dois e Sambauê. ?Esse Carnaval será o maior dos últimos tempos e teremos recorde de público todos os dias?, diz Douglas.

Quem está animado com o evento é o prefeito Francisco Araújo Galeno, o Kim do Caranguejo, de Luís Correia, que diz que a cidade está toda preparada para receber as centenas de turistas que devem passar por lá durante o Carnaval. ?O Carna Fest vai ser um grande evento e

nós estamos prontos para receber o folião, todos os turistas do Piauí que irão para lá. Pousadas, hotéis, estão todos lotados?.

Quem ainda não conseguiu lugar para ficar a prefeitura coloca à disposição o telefone (89)9402-5077(falar com Aquimário) para consultas sobre abrigos que ainda tenham pela cidade de Luís Correia.

Entre as atrações, a banda NX Zero, revelação do rock brasileiro e destaque do Video Music Brasil, com os prêmios Melhor Videoclipe, Hit do Ano e Artista do Ano, com a música Pela Última Vez, vai mostrar a razão do sucesso conquistado ao longo de sete anos de estrada e com dois discos e canções no topo do

ranking das mais tocadas no Brasil. Com o segundo trabalho por uma grande gravadora, ?Agora?, lançado recentemente, a história se repete.

Fonte: Liliane Pedrosa, Jornal Meio Norte