É hoje! Bandas O Rappa e Cidade Negra tocam no Palácio San Michel, em Teresina

É hoje! Bandas O Rappa e Cidade Negra tocam no Palácio San Michel, em Teresina

Organização priorizou a segurança e o conforto do público.

Hoje as bandas O Rappa e Cidade Negra pousam em Teresina para um show sensacional, no Palácio San Michel. A segurança e o conforto serão priorizados pela produção do evento, sem esquecer, é claro, da linda decoração, que será tão descolada quanto as atrações que subirão ao palco.

Para evitar filas e tumultos durante o show, a Kalor Produções trabalha com um público limitado para garantir segurança e conforto em todos os espaços. Em um local aberto, arejado, com estrutura de bares espalhados por todos os lados, o atendimento será eficiente e rápido.

As maquetes em 3D do evento comprovam que o Palácio San Michel é o espaço ideal para a realização desse tipo de show, que contará com uma comodidade que será garantida durante toda a noite. Os seguranças também serão instruídos para lidar com qualquer situação.

Para aqueles que não abrem mão do conforto, puffs serão espalhados por toda a área vip, que terá também uma decoração diferenciada. E se você ainda não garantiu seu ingresso, corra que ainda dá tempo de conferir os shows.

Contagiando Teresina com uma vibe positiva, as bandas prometem levar o público ao delírio, provando que valeu a pena esperar. Não perca tempo! Adquira já seu ingresso na sede da Kalor Produções, no shopping Riverside, na Banca do Zezinho e na Minds English School.



Toni Garrido: ?É um prazer voltar a Teresina?

Com o coração a mil e ansioso para levar o melhor do reggae para o público piauiense, Tony Garrido, vocalista da banda Cidade Negra, afirmou à Rede Meio Norte que está contando os segundos para o evento.

?É um prazer depois de anos estar retornando a Teresina e com a formação inicial da banda. Vamos apresentar nosso novo trabalho ?Hei Afro?, que tem a cara do Cidade Negra.

Mas também vamos cantar o que o público quer ouvir, por isso, se alguém quiser escutar uma música e se nós não tocarmos, é só ficar perto do palco e pedir que teremos o prazer de cantar?, afirmou Tony Garrido.

Sobre dividir o palco com o Rappa, o vocalista afirmou que as bandas são irmãs e sempre é um prazer tocar ao lado de quem leva uma energia muito positiva. ?O Rappa e Cidade Negra são bandas irmãs, isso porque os nossos baixistas são irmãos.

Falcão é meu camarada, apesar de não nos encontrarmos sempre, quando coincide de nos apresentarmos, rola uma energia muito boa. Com certeza, iremos fazer uma festa linda, levando uma vibe superpositiva pra galera?, disse o cantor do Cidade Negra.

Tony Garrido não quis adiantar o setlist do show de sábado, mas adiantou que vai levar o melhor do reggae para os fãs piauienses. ?Não posso falar o que iremos tocar, pois seria a mesma coisa do Batman tirar a máscara, ou seja, não terá surpresa. Mas vai ser uma noite muito positiva, com uma vibe muito boa, que com certeza vai contagiar a galera?, concluiu Tony Garrido.

O Rappa também dá o seu melhor

Liderado pelo vocalista Falcão, o Rappa vai brilhar na noite, agitando o público no Palácio San Michel, com as músicas que marcaram a carreira da banda.

Na estrada há mais de duas década, a banda traz em sua história grandes sucessos, como ?Reza Vela?, ?Me deixa?, ?Rodo cotidiano? e ?Minha Alma?, que nunca ficam de fora do repertório da banda.

O Rappa surgiu em 1993, depois de Marcelo Lobato, Xandão, Nelson Meirelles e Marcelo Yuka acompanharem a turnê do cantor Pappa Winnie pelo Brasil, foi quando surgiu a ideia de fazer o próprio som, mas faltava o vocalista, até que eles escolheram Marcelo Falcão.

Logo no início, o Rappa já mostrou qual seria o estilo da banda, com uma pegada social, as canções retratam muitas injustiças sociais brasileiras, contando através da música a dura realidade das favelas.

Com treze discos lançados, o Rappa conquistou os fãs com músicas próprias, além da versão de Hey Joe, do Jimi Hendrix, que não pode ficar de fora dos shows.

Fonte: Gisele Alves