Paris Hilton é proibida de ficar no Japão, mas promete voltar

Paris Hilton é proibida de ficar no Japão, mas promete voltar

Desapontada por não poder permanecer no país, a patricinha desabafou com seus fãs em sua página no Twitter.

Depois de ser barrada por autoridades japonesas no aeroporto internacional de Tóquio, Paris Hilton se viu obrigada a voltar para a sua casa nos Estados Unidos. Desapontada por não poder permanecer no país, a patricinha desabafou com seus fãs em sua página no Twitter.

?Embarcando. Voltando para casa agora. Estou muito desapontada por não ter encontrado meus fãs asiáticos. Eu prometo que voltarei em breve. Eu amo todos vocês!?, escreveu Paris Hilton nesta quarta-feira, 22.

Nesta segunda-feira, 20, a socialite Paris Hilton aceitou o acordo do Tribunal de Las Vegas para escapar da prisão. A ricaça foi condenada por posse de cocaína e a tentativa de obstruir a justiça. Para não ficar um ano na prisão, Paris se comprometeu a ficar longe de confusões com a polícia. Além disso, ela deverá pagar multa de US$2 mil, prestar 200 horas de serviços comunitários e participar de um programa educacional antidrogas.

Paris e seu namorado, Cy Waits, foram detidos durante uma blitz em Las Vegas no dia 28 de agosto. Paris estava em seu cadillac preto quando foi parada em torno das 23:30h pela polícia local, que detectou cheiro de maconha vindo do veículo. Os policiais encontraram 0,8 grama de cocaína dentro da bolsa de Hilton. Os dois foram encaminhados para uma delegacia, de onde saíram na mesma noite. Paris alegou que pegara a bolsa emprestada e que pensou que a droga fosse chiclete.

Fonte: Globo.com