Pastor drag queen no "The Noite" causa revolta entre evangélicos

Pastor drag queen no "The Noite" causa revolta entre evangélicos

O fato é que o líder religioso é gay assumido e drag queen e a entrevista gerou comentários entre os evangélicos através do Twitter

Danilo Gentili convidou o pastor Marcos Lord para um bate-papo no "The Noite", na noite desta segunda-feira (2), e causou uma revolta entre os protestantes. O fato é que o líder religioso é gay assumido e drag queen e a entrevista gerou comentários entre os evangélicos através do Twitter que o chamavam até de "falso profeta".

"Não é pastor. Palavra [Bíblia] fala sobre Falsos profetas", dizia um internauta.

"Pastor travesti? Esse é o fim do mundo uma blasfêmia contra o Espírito Santo", escreveu outra pessoa.

Durante a entrevista, ele contou que é integrante da Igreja da Comunidade Metropolitana e está no cargo mais alto da instituição por ter sido eleito.

"Conheci [a igreja] em 2008, quando eu estava afastado por ter assumido homossexual. Comecei na Restauração, Batista, Deus é Amor até chegar na Assembleia. Hoje atuo como pastor na Comunidade", falou ele vestido de mulher. Eu não escolhi ser pastor e a igreja me elegeu para isso. Eu já era drag queen e eu nunca imaginava [que seria eleito]. A igreja abraçou a plenitude da minha personalidade. Na igreja, normalmente, estou de pastor Marcos Lord. Mas já preguei de Luanda", continuou.

Fonte: UOL