Patricia Poeta é destaque em 1º Jornal Nacional de Copa do Mundo com rótulo de musa e gafe ao vivo

Patricia Poeta é destaque em 1º Jornal Nacional de Copa do Mundo com rótulo de musa e gafe ao vivo

Na volta do segundo para o terceiro bloco do jornal, Patrícia Poeta

O Jornal Nacional, da Globo, deu início à cobertura de Copa do Mundo nesta segunda-feira, e Patrícia Poeta, fora do estúdio, foi o grande destaque. Primeiro, a jornalista foi elogiada por sua beleza e até ganhou o rótulo de ?musa? da seleção, tomando o título que nos últimos três Mundiais foi de Fátima Bernardes. Depois, uma gafe estourou nas redes sociais.

O ruído da apresentadora aparentou ser um exercício para a fala e para os músculos do rosto e aconteceu pouco antes dela chamar uma matéria especial sobre Neymar, que encerrou os especiais com todos jogadores da seleção brasileira.

Antes de chamar a matéria, Galvão Bueno ainda destacou o trabalho feito por Tino Marcos. O repórter e o locutor completaram 25 anos de carreira juntos neste ano.

Em suas primeiras aparições direto de Goiânia, local em que o Brasil enfrenta o Panamá nesta terça-feira, Patrícia Poeta era elogiada por sua beleza na web.

?Patricia Poeta começa hoje acompanhar a seleção vai ser a nova musa da copa?, escreveu um internauta. ?Concordemos: Patrícia Poeta belíssima no JN?, falou outra.

O Jornal Nacional teve boa parte dedicada à Copa do Mundo. O primeiro bloco do noticiário foi todo sobre o Mundial, mas sem ufanismo ou empolgação dos apresentadores.

No restante da atração, o jornal falou sobre as demais seleções como a lista definitiva da Argentina e o corte de Falcao Garcia. O problema envolvendo a sede da Copa no Qatar, em 2022, também foi abordado.

Fonte: UOL