Paulinho Vilhena atropela moto de paparazzo e diz que foi acidente

Ao entrar em sua caminhonete, Vilhena deu ré em direção à moto

Na tarde desta sexta-feira, Paulinho Vilhena atropelou a moto de um paparazzo, que acabara de fotografá-lo na Praia da Reserva com a namorada Thaila Ayala. Ao entrar em sua caminhonete, Vilhena deu ré em direção à moto que pertence ao fotógrafo Adílson Lucas. Paulinho prensou a motocicleta contra um mureta de pedras. E de nada adiantaram os gritos do paparazzo pedindo a Paulinho para parar. Depois que o tanque de gasolina da moto já havia sido danificado, Vilhena seguiu seu caminho.

Adilson Lucas conversou há pouco com a coluna e minimizou a história, apesar de admitir que o ator tenha ficado irritado com a presença dos paparazzi. "Sabe como é o Paulinho, né? Ele odeia ser fotografado quando está na praia, mas eu acho que ele não viu a minha moto. Afinal a caminhonete é alta. Eu gritei, realmente, mas acho que ele não me ouviu não...", diz o paparazzo, que decidiu não prestar queixa contra o ator. O tanque de gasolina da moto foi danificado.

A coluna, então, foi atrás de Paulinho Vilhena, que disse desconhecer qualquer incidente: "Não sei do que você está falando", disse. Depois de ser informado que havia empurrado, com sua caminhonete, uma moto de um fotógrafo contra uma mureta, o ator reagiu da seguinte forma: "Jura, velho? Rolou isso mesmo?" Paulinho admitiu que não ficou feliz ao ver os fotógrafos na praia. "Eu não curto muito, mas eu nunca faria nada contra eles ainda mais desta forma", garantiu. No final, Vilhena pediu o telefone do fotógrafo que teve a moto danificada e garantiu que procuraria o rapaz para ressarcir o prejuízo.









Fonte: Extra, extra.globo.com