Pessoas gordas são mais alegres e rendem mais no sexo, diz pesquisa

Homens acima do peso são menos propensos à ejaculação precoce

Pessoas obesas correm menos riscos de entrar em depressão – e a culpa é exatamente do gene da obesidade. Foi o que descobriram os cientistas da Universidade McMaster, no Canadá. Após analisarem 17,2 mil amostras de DNA de participantes de 21 países, os cientistas descobriram que as pessoas mais gordas, que tinham o gene FTO (na sigla em inglês: fat-obesity, algo como gordura e obesidade), reduziam em 8% os riscos de sofrer de depressão.

“A diferença de 8% é modesta, e não vai fazer uma grande diferença no dia-a-dia das pessoas, mas já descobrimos uma base molecular para a depressão”, explica o pesquisador David Meyre. “É a primeira evidência de que a variação do gente FTO está associada com a proteção contra depressão, independentemente do seu efeito no índice de massa corporal”, conclui.

Segundo os pesquisadores da Universidade de Erciyes, na Turquia, homens que estão acima do peso são menos propensos à ejaculação precoce e tendem a durar quatro vezes mais durante o sexo do que os colegas em forma.

O motivo da diferença, os cientistas sugerem, é que quanto mais cheinho o cara é, maior a presença do hormônio estradiol, tipicamente feminino, em seu corpo. O estradiol mexe com o balanço químico interno do homem e faz com que ele demore mais para “chegar lá”.

Image title


Fonte: Com informações do Superpride