""Dado já agrediu até a mãe dele"", diz Luana Piovani

""Dado já agrediu até a mãe dele"", diz Luana Piovani

Procurada pelo EGO, Pepita Rodrigues desmente: É mentira! Será que ela não tem remorso? Não percebe todo o mal que já fez?

Luana Piovani deu uma declaração polêmica durante entrevista ao programa de Marília Gabriela neste domingo, 17. A atriz contou que teminou seu namoro com Dado Dolabella pela primeira vez, em julho de 2007, porque ele teria agredido a mãe, Pepita Rodrigues.

"O meu grande erro foi ter voltado pra ele. Porque nós tivemos um rompimento. E esse rompimento se deu porque ele agrediu a mãe dele. E aí é que eu não consigo me conformar de eu ter voltado (...) Mas o amor tem razões que a própria razão desconhece. Então, eu me perdoo porque eu era apaixonada. Não tenho a menor vergonha de dizer isso. Eu acreditei no sentimento que eu tinha por ele, no que ele tinha por mim. E imaginei que ele estivesse querendo ajuda", diz a atriz. ?Eu não tinha notícias de que ele agredia. Sei que sempre foi esquentado, mas acreditava que, como eu, ele iria evoluir?.

Pepita se diz "indignada" com declaração

Procurada pelo EGO para comentar a declaração de Luana, Pepita Rodrigues reagiu com indignação e, extremamente emocionada, fez questão de negar qualquer agressão por parte do filho.

"Meu Deus, que horror! Isso é mentira! Essa menina só consegue aparecer quando fala do meu filho... Será que ela não percebe todo o mal que já fez para todos nós? Meu sentimento é de indignação! Por que ela foi inventar uma barbaridade dessas, uma calúnia? A troco de quê? Para deixar meu filho nervoso, com os nervos à flor de pele? Será que ela não tem remorso? Será que consegue dormir à noite?", desabafou a mãe de Dado, que não poupou críticas à ex-nora.

"Depois de tanto tempo, essa menina ainda não conseguiu colocar algum amor dentro daquele coração. O pior é que ela ainda faz peça infantil. Como uma pessoa com essa índole pode lidar com uma criança? É muita incoerência... Ela namorou nove meses com o meu filho, depois mais nove meses. Faltava um mês para eles se casarem. Ela não conhecia quem estava do lado dela?", acrescentou.

Segundo Pepita, o rompimento dos dois teria acontecido por causa dos ciúmes excessivos que Luana tinha de Dado. A atriz ainda admitiu que o filho é esquentado e pode ser "malcriado", mas voltou a afirmar que ele nunca levantou a mão para ela.

"Eu quase não a via... Ela quase nunca me viu com o meu filho. Na época, eles brigaram porque ela morria de ciúme dele. Coisa de casal... Uma coisa é ser malcriado, brigar, xingar... Outra é levantar a mão para mim ou para qualquer outra mulher. Por que ela levanta um falso desse? É uma coisa louca! Será que isso tudo não vai ter um basta?", emocionou-se Pepita.

Durante a entrevista, Luana falou ainda sobre casos de agressão a mulheres de forma geral e sobre a pena de Dado no processo movido por ela e por sua camareira - o ator foi sentenciado a dois anos e nove meses de prisão em regime aberto. "Eu achei justa. Na verdade, eu não sou juiz. Achei justa a partir do momento que a juíza leu tudo, fez todas as somas e chegou a esta conclusão. E eu acato", finalizou ela.

Fonte: Ego, www.ego.com.br