Por fotos de topless, casal abre processo contra revista Closer

Por fotos de topless, casal abre processo contra revista Closer

A família real já havia manifestado sua indignação com a publicação das fotos da duquesa de Cambridge.

O príncipe William e sua esposa Catherine abriram processo nesta sexta-feira contra a rvista Closer que publicou fotos da duquesa com os seios à mostra, informaram fontes judiciais. A audiência para examinar o caso está prevista pasra segunda-feira no tribunal de Nanterre, periferia de Paris.

O processo contra a rvista alega "ataque à vida privada" da duquesa.

A família real já havia manifestado sua indignação com a publicação das fotos da duquesa de Cambridge de topless, uma situação que, segundo fontes da realeza, recordam o assédio da imprensa sofrido até a morte pela princesa Diana.

"Eles estão indignados e incrédulos", disse uma fonte do Palácio de Buckingham, que pediu anonimato, a respeito da reação de William, segundo na linha de sucessão da coroa, e de Kate, mais conhecidos como duque e duquesa de Cambridge.

O Palácio de St. James também criticou a publicação das fotos de Kate. "O casal ficou muito triste ao saber que uma revista francesa e um fotógrafo invadiram sua privacidade maneira grotesca e totalmente injustificável", afirma um comunicado do palácio.

A revista francesa Closer publicou na capa e em cinco páginas imagens de Catherine apenas com a parte de baixo de um biquíni preto e branco, durante férias com o príncipe William em Luberon, sudeste da França.

As fotos não são chocantes, afirmou Laurence Pieau, chefe de redação da revista francesa Closer. "Estas fotos não têm nada de chocantes, mostram uma jovem mulher tomando sol com os peitos nus, como se vê milhões de mulheres nas praias", declarou Laurence Pieau.

Fonte: Terra