Presa quadrilha de traficantes no Ceará

O grupo e o material apreendido em seu poder foram apresentados à Imprensa

Seis pessoas, entre elas cinco mulheres, foram presas por inspetores da Delegacia de Narcóticos (Denarc), na madrugada desta terça-feira (27), acusadas de fazer parte de uma das maiores quadrilhas de distribuição de cocaína e crack na região do Centro de Fortaleza e Praia de Iracema. Uma das mulheres detidas foi identificada como Maria Célia Gonçalves da Silva, 49. Ela é apontada pela Polícia como a líder do grupo, que tinha sua sede no bairro Moura Brasil, popularmente conhecido como ?Oitão Preto?.

O grupo e o material apreendido em seu poder foram apresentados à Imprensa, na manhã desta terça-feira (27), na Superintendência da Polícia Civil. Além de Célia, mais quatro mulheres e um homem foram presos. Francisco das Chagas Franco, 30, o ?Coité?, seria o braço armado do grupo, ficando responsável pelas cobranças e também pelas execuções. Segundo a Polícia, ?Coité? já responde na Justiça por dois homicídios cometidos nos anos de 2001 e 2003.

As outras mulheres acusadas de integrarem a quadrilha são: Regina Lopes de Oliveira, 61;Tereza Cristina Silveira de Mesquita, 27; Maria de Fátima Vasconcelos de Moura, 44; e Jane Emanuela Laureano Pereira, 28. A primeira seria o braço direito da líder do grupo. De acordo com o delegado Césa Wagner Maia Martins, titular da Denarc, Regina era o cérebro da quadrilha.

O delegado explicou ainda que Fátima e Jane eram responsáveis por guardar a droga e o dinheiro apurado pelo bando. César Wágner considerou a prisão, uma das cinco mais importantes desde que assumiu a especializada, em março do ano passado. ?Há pelo menos 20 anos, ela traficava naquela região e nunca havia sido presa por tráfico. Graças a um trabalho de inteligência e com a ajuda da população conseguimos desarticular grande parte da quadrilha?, afirmou.

O titular da Denarc contou que outros integrantes conseguiram escapar, mas é uma questão de tempo para que todo o grupo seja capturado.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br