Presos deixam de comer para doar alimentos

Presos deixam de comer para doar alimentos

Segundo o governo estadual, eles renunciaram a um dia de alimentação

Cerca de 5,5 mil detentos da Penintenciária Agroindustrial São João e do Presídio Professor Aníbal Bruno, em Pernambuco, participaram das doações de alimentos e produtos de higiene pessoal para as vítimas das enchentes no estado, nesta terça-feira (29).

Segundo a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), os presos renunciaram a um dia de alimentação na carceragem para oferecer ajuda aos desabrigados e desalojados pela chuva.

Ao todo, foram arrecadados mais de 1,6 tonelada de donativos nas duas unidades. O material foi levado, nesta terça-feira (29), para a central de arrecadação do Quartel da Polícia Militar, no Recife. Os produtos serão distribuídos para as famílias que perderam tudo.

Parte dos donativos foi oferecido pelos parentes dos presos.

Fonte: g1, www.g1.com.br