PRF: 30 morrem nas rodovias federais durante o Natal

Mais de 360 pessoas ficaram feridas e 30 morreram.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 451 acidentes nas estradas federais entre a 0h e as 23h59 de sábado (25), dia de Natal. No total, 363 pessoas ficaram feridas e 30 morreram. Os números caíram em relação à sexta-feira (24), quando houve 793 acidentes, com 575 feridos e 47 mortes.

No sábado, 18.978 veículos foram fiscalizados e 61 motoristas foram presos sob suspeita de embriaguez. Foram recolhidas 164 carteiras de habilitação.

Neste domingo (26), o movimento deve aumentar nas estradas, ainda devido às festas de fim de ano. A fiscalização está reforçada nas rodovias federais, desde sexta-feira (24). Durante a operação, os 9.200 agentes trabalham em escala de revezamento e contam com 400 radares e 2 mil etilômetros (conhecidos como bafômetros).

O reforço na fiscalização durante o feriado de Natal faz parte da Operação Fim de Ano, que segue até a meia-noite de domingo, 2 de janeiro.

Recomendações

A PRF lembra que é importante seguir a sinalização e evitar ultrapassagens perigosas. Em caso de chuva, o motorista deve manter distância dos outros veículos. O telefone de emergência da corporação é 191. A ligação é gratuita.

Há previsão de chuva durante os dias de folga e o motorista é orientado a manter distância dos outros veículos e acender os faróis. Os automóveis não devem ficar parados no acostamento.

Veja outras dicas da PRF para garantir uma viagem segura, se você viaja de carro:

- Planejamento da viagem: antes de sair, verifique a documentação do motorista e do veículo; busque informações sobre a distância que vai percorrer e os pontos de paradas, como postos de combustíveis e restaurantes. A recomendação é parar pelo menos a cada três horas, para evitar cansaço. E checar também a previsão do tempo.

- Revisão preventiva: confira se os faróis e para-brisas estão funcionando e se os pneus e o motor estão em boas condições. É importante verificar a situação do pneu estepe, do macaco, do triângulo e da chave de roda, e outros equipamentos usados nas emergências.

- Período noturno: a polícia diz que é bom evitar a circulação durante a noite, inclusive por causa de assaltos e outros crimes. Em caso de pane ou emergência, as opções de socorro geralmente funcionam mais lentamente nesse período.

Restrições

Os caminhões bitrens e cegonhas estão proibidos de circular em vias de pista simples das 16h às 22h deste domingo. Quem descumprir a determinação terá de estacionar o veículo e só voltar à estrada depois da liberação da polícia. O descumprimento ainda acarreta em multa de R$ 85,13, além de quatro pontos na carteira de habilitação.

Fonte: g1, www.g1.com.br