Rafinha Bastos sobre processo de Wanessa: "Era previsível"

Rafinha Bastos sobre processo de Wanessa: "Era previsível"

Humorista diz que comédia passa por processo de mudança e que a polêmica ajudou no amadurecimento

Rafinha Bastos comentou, durante o lançamento de seu novo programa, o processo movido pela cantora Wanessa contra ele. Para o humorista, o que aconteceu, "era previsível". "O improviso, o humor ainda é muito novo no país. O fato de eu me apresentar de cara limpa e fazer as piadas mais absurdas confunde a cabeça de muita gente. Quem conhece humor sabe diferencias. Eu sou o Rafinha Bastos, não sou o bêbado Zé, o travesti Jaqueline e arte é uma arte muito nova. Então tudo o que aconteceu era previsível. Mas é importante que as pessoas entendam o tipo de comédia", disse.

O humorista avaliou ainda que o papel do humorista de brincar com a realidade confunde as pessoas. "Raras as vezes, uso o humor para dar opinião, às vezes é opinião, mas outras você subverte a realidade. O palco tem essa característica. Quando você é um comediante, brinca com a realidade, se diverte, sacaneia... E a comédia às vezes é pesada. A minha é do jeito que é, não sou uma vítima do sistema. Às vezes, você brinca com algo que confunde as pessoas. É um processdo natural", disse.

Na opinião do humorista, o processo movido pela cantora ajudou no amadurecimento da comédia. "Foi interessante para você ver o amadurecimento da nossa comédia. Estamos vivendo um momento de reformulação, de mudança. Sabia que uma coisa dessas em algum momento ia acontecer. Foi importante ter acontecido porque algumas discussões importante aconteceram, como a questão da liberdade de expressão", completou.

Fonte: EGO