Rede de lojas processa Beyoncé por causa de nome de perfume

A Abercrombie & Fitch é uma popular marca de roupas dirigida aos jovens universitários

 A rede de lojas de roupas Abercrombie & Fitch apresentou um processo contra a cantora Beyoncé no qual reivindica que o nome do perfume da artista que começará a ser vendido em 2010 entra em conflito com o de uma fragrância já existente, informou a imprensa norte-americana.

Rede de lojas alega que nome de perfume assinado por Beyoncé pode ser confundido com produto da marca Rede alega que nome de perfume assinado por Beyoncé lembra um vendido pela marca No processo, movido na última terça-feira, a empresa sustenta que o perfume da artista, "Sasha Fierce", "oferece a probabilidade de confusão" com a fragrância "Fierce", da Abercrombie & Fitch.

O texto pede a modificação do nome da colônia de Beyoncé, já que poderia fazer com que a empresa perdesse o controle total sobre a marca, que possui desde 2002. O processo faz menção a um potencial uso indevido do nome da marca e a supostas práticas comerciais enganosas.

A Abercrombie & Fitch é uma popular marca de roupas dirigida aos jovens universitários de classe média. A empresa sustenta que ganhou mais de US$ 190 milhões com seu perfume, vendido em mais de 350 lojas por meio de seu site a preços que oscilam entre US$ 40 e US$ 70. O mais recente álbum de Beyoncé, lançado em novembro de 2008, recebeu o nome de "I am... Sasha Fierce".

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br