Revista francessa publica fotos de Kate Middleton de topless

Revista francessa publica fotos de Kate Middleton de topless

Kate teria ficado "chateada e decepcionada" com a divulgação.

A revista francesa "Closer" publicou nesta sexta-feira (14) uma série de fotografias de Kate Middleton, esposa do príncipe William da Inglaterra, fazendo topless.

Segundo a revista, as fotos foram feitas durante as férias que o casal passou recentemente no sul da França.

Kate ficou ?chateada e decepcionada? com os planos da revista de publicar as fotos, afirmaram nesta sexta-feira fontes da família real britânica.

?Kate e William escolheram para sua segunda lua-de-mel a Provença, para uma estadia romântica, como desejavam", comentou a publicação, que assegura que as fotografias que publica darão "a volta ao mundo".

As imagens comprometedoras foram feitas na semana passada na França enquanto os duques de Cambridge passavam férias no palacete em Provença de Lorde Linley, sobrinho da rainha da Inglaterra, Elizabeth II.

A revista oferece em cinco páginas de sua edição, que chegou às bancas nesta sexta-feira, várias fotografias do casal nas quais se vê Kate sem a parte superior de seu biquíni.

"Para sua segunda lua de mel, Catherine e William escolheram Provence, para uma estadia romântica. Sozinhos no mundo. Seu lema: de férias esqueço de tudo, a monotonia londrina e até o biquíni, que ficou na mala de sua alteza", afirma a revista.

"No castelo d"Autet (...) Catherine melhora seu bronzeado. E para evitar as marcas do bronzeado, Catherine pensou em tudo... e em tirar o biquíni", completa o site da "Closer".

Segundo a emissora "BBC", as mesmas fontes assinalaram que ainda não estão em posição de poder verificar a autenticidade das fotos, que seriam exclusivas da revista "Closer".

Mas fontes do palácio afirmaram que as fotos são autênticas.

O príncipe William e sua esposa estão atualmente em uma viagem de nove dias pelo sudeste asiático em representação da monarca britânica, por ocasião do Jubileu de Diamante de Elizabeth II.

Fonte: G1