Revista masculina escolhe veterano de guerra com deficiência para capa pela primeira vez

Noah Galloway, veterano de guerra de 32 anos, perdeu parte da perna esquerda e o antebraço esquerdo enquanto estava a serviço do exército dos EUA no Iraque, em 2005


Pela primeira vez nos 26 anos da história da revista Men's Health, um homem com deficiência física leva o título de Ultimate Men's Health Guy — o leitor que representa melhor as ideias da revista norte-americana — e se torna capa da publicação. Noah Galloway, veterano de guerra de 32 anos, perdeu parte da perna esquerda e o antebraço esquerdo enquanto estava a serviço do exército dos EUA no Iraque, em 2005.

No dia 19 de dezembro daquele ano, na cidade de Yusafiah, o veículo militar de Galloway passou por um artefato explosivo improvisado. "A bomba no acostamento era forte o bastante para mandar nosso Humvee de quase cinco toneladas voando pelos ares", comentou Galloway à revista. "Aterrissamos com as rodas para baixo em um canal". Algum tempo depois, na noite de Natal, Galloway acordou no Hospital Walter Reed. Pernas e braços foram amputados devido à explosão.


Aquela era a segunda vez que Galloway servia o exército dos EUA em missões fora do país. Em 2003, depois de ter abandonado a Universidade do Alabama em Birmingham, ele seguiu ao Iraque junto à equipe da 101st Airborne, uma divisão de infantaria leve treinada para operações de assalto aéreo. "Eu curti cada momento daquilo", ele diz. "Passei um ano no Iraque morando com os locais, fazendo patrulha o tempo todo. Era tipo 'eu quero fazer isso para o resto da minha vida'." Em 2005, depois de quatro meses na segunda vez no Iraque, a bomba explodiu.

Depois do acidente, Galloway entrou em depressão e começou a beber. Ganhou bastante peso — logo ele, soltado dedicado ao fitness desde a adolescência. Em 2010, olhou-se no espelho. Viu que estava em péssima forma — tanto física quanto emocional. passou a se dedicar para se recompor.

O esforço compensou. Ele se tornou participante de corridas de resistência e eventos de CrossFit. Por exemplo, competiu em sete edições do Tough Mudder (competição ao estilo militar com até 19 quilômetros de extensão) e uma dúzia do Spartan Race (corrida de obstáculos de quase 5 quilômetros). Galloway também começou uma ONG para alertar a população do Alabama sobre obesidade infantil.

E, além disso, Galloway foi selecionado entre 1,3 mil candidatos para ser capa da Men's Health.

Fonte: Brasil Post