Saiba como conquistar a "cor da sedução" e arrase

Toda mulher que precisa dar um up na auto-estima ou demonstrar poder uma hora ou outra recorre aos fios loiros para arrasar

Toda mulher que precisa dar um up na auto-estima ou demonstrar poder uma hora ou outra recorre aos fios loiros para arrasar. Por que será que o cabelo claro é tão desejado? Ainda que a resposta seja uma para cada pessoa, a questão vai além do gosto para o resultado ser incrível. É que a técnica usada para clarear os fios pode ser a diferença entre o sucesso ou um cabelo sem charme algum.

Para este ano, no lugar daquele visual surfista, ou então das mechas desconectadas e até deixando um pouco para trás aquele blond completamente platinado, quase branco, entra o loiro bombshell, que nada mais é do que um loiro claro, porém com um mix de até três tonalidades em mechas hiiiiper fininhas. ?Chegamos a descolorir cerca de 350 ou 400 mechinhas, desde a raiz até as pontas. Usamos tons de acordo com o fundo do cabelo de cada mulher, sempre voltando para nuances de platinados, beges, dourados e mel?, afirma Juha Antero, colorista do salão MG Hair Design.

Segundo outro expert em cabelos de celebridades, Marco Antônio de Biaggi, essa cor nos cabelos causa mais impacto e é capaz de fazer uma mulher ?roubar a cena?, em todos os sentidos da palavra. ?O loiro bombshell deixa a mulher mais chique, rica, glamourosa e segura de si. É um loiro de muita personalidade?, afirma Marco Antônio.

A técnica da cor

Para fazer esse loiro, certifique-se de que você está segura na mão de bons profissionais. A técnica para chegar ao resultado final é aquela que utiliza papel alumínio e pó descolorante.

A grande novidade desta nova moda para as madeixas é ?o fim das mechas grossas, que agora virou cafona?, decreta Marco Antonio, que recebeu o título ?The King of Sexy Hair?.

Juha Antero confirma: "O cabelo do momento é um cabelo inovador, bem trabalhado e traz mechinhas superfinas. Dá até para contar a quantidade de fios da mechinha a ser pintada".

Esse processo não é tão rápido quando o convencional e se assemelha à técnica das famosas luzes, com a diferença de que as mechas são realmente bem menores. Para isso, o cabeleireiro precisa ser muito experiente e ter paciência.

Porém, tanto trabalho é recompensado pelo look final, que é incrível. Quando todas as mechinhas dos cabelos são tingidas, o cabelo fica muito mais iluminado e brilhante, tudo com um ar totalmente natural.

Com esse método, não existe mais aquele aspecto feio de raiz marcada com luzes. Fora isso, conforme o balançar dos fios, o cabelo ganha mais brilho e a cor fica ressaltada. De longe, parece até que a cabeça está sendo iluminada por uma fonte de luz.

"Além disso, esse cabelo é muito legal porque não exige manutenção constante. A pessoa pode ficar meses sem tingir o cabelo e apenas quando a raiz começar a ficar muito marcada é que a pessoa deve voltar. Isso porque aquela dualidade de raiz de uma cor e pontas de outra não existe mais", afirma Juha, que também garante: "O contraste agora deve ser mais natural, o que dá a mulher um visual mais chique e glamouroso".

Ainda segundo o cabeleireiro, as pontas dos cabelos podem, sim, estar até dois tons mais claras. ?Isso não atrapalha e até acaba dando um efeito legal. Mais claro do que isso já está fora de moda", explica Juha.

Já na raiz, a técnica das mechinhas também é mantida. "Mas tudo bem sutil para não parecer que a mulher foi no cabeleireiro e retocou a raiz. Isso é muito cafona. A moda ainda pede o natural", explica o cabeleireiro.

Para fazer as mechinhas, Juha aconselha que sejam usados, no máximo, dois ou três tons mais claros que a cor do cabelo. "Se a mulher quiser deixar as madeixas mais escuras, ela também pode fazer até dois tons mais escuros, criando o efeito inverso. Gosto muito dessa técnica porque ela também permite reverter o processo de clareamento ou escurecimento do fio", conta.

Depois de pintadas, as mechinhas devem ser dobradas separadamente com um papel alumínio, que é bem maleável. Além disso, é possível fazer essa técnica só do meio da cabeça para o couro cabeludo, não precisando fazer também nos cabelos próximos à nuca. "O cabelo fica natural do mesmo jeito", confirma Juha Antero

Por isso, tanto para aquelas que têm medo de tingir os fios, como para quem ainda têm receio de ficar mais loira ou apenas quiser mudar um pouco o visual, esse método é perfeito.

Daqui para frente, os salões só vão trabalhar com essa técnica. Pode apostar!

Vale a pena ser uma das pioneiras. Vá em frente! O processo demora aproximadamente uma hora, mas varia dependendo da quantidade de cabelo a ser trabalhada e do tipo de cabelo de cada pessoa.

Cuidado!

Não é qualquer mulher que, de um dia para o outro, pode se tornar uma loira bombshell. Quem tem os cabelos muito escuros, precisa ir aos poucos. ?É legal começar com tons mais claros de marrom, por exemplo?, afirma Juha Antero. Isso evita o choque por causa da cor antiga e da nova ? o que não seria nada natural ? e também o desgaste excessivo dos fios, pela descoloração.

Quem não gosta muito de cuidar da saúde das madeixas, deve repensar no loiro bombshell. ?Esse cabelo vai exigir hidratação constante no salão e em casa, utilização de shampoos e condicionadores específicos para cabelos descoloridos e proteção contra as agressões do meio ambiente e, sobretudo, do sol?, adianta Marco Antonio de Biaggi.

Quem já fez, recentemente, tratamento químico nos fios, como progressiva, alisamento, relaxamento e etc, melhor esperar um pouquinho antes de se tornar uma bombshell, pois esses processos químicos já mudam bastante a estrutura dos fios, que certamente não irão suportar passar por uma etapa de descoloração mais forte.

Fonte: Terra, www.terra.com.br