Atriz famosa é perseguida por psicopata

Atriz famosa é perseguida por psicopata

James Weldon deixou hospital psiquiátrico e cruzou EUA para ver atriz

Um juiz de Los Angeles, nos Estados Unidos, proibiu nesta sexta-feira (6) que um homem com histórico de perseguição à atriz Sandra Bullock se aproxime dela.

Ele cruzou o país para encontrá-la após deixar um hospital psiquiátrico.

Thomas James Weldon foi proibido de tentar entrar em contato com a atriz ou com Louis Bardo Bullock, garoto que a atriz está em processo de adotar.

A ordem emitida pelo juiz também impede o ex-marido da atriz, Jesse James, se de aproximar da criança.

A primeira ordem emitida a favor de Bullock contra Weldon data de 2003 e havia expirado no ano passado após a internação do homem em um hospício do Tennessee por sete ano.

Após sua soltura, ele viajou ao Wyoming para se encontrar com a atriz, segundo seu advogado Ed McPherson. O homem foi levado para outro hospital psiquiátrico da região na quinta-feira. "É óbvio que a fixação dele por ela não mudou mesmo após a internação no Tennessee", afirmou o advogado.

A atriz não compareceu à audiência.

Fonte: g1, www.g1.com.br