Viviane Araújo pode ser indiciada por preconceito e racismo no RJ

Reinaldo registrou queixa na 42ª DP, do Recreio, na Zona Oeste do Rio de Janeiro


Secretário de Gracyanne Barbosa presta queixa contra Vivi Araújo

O clima esquentou entre Viviane Araújo e Gracyanne Barbosa. Ou melhor entre a rainha de bateria do Salgueiro e o secretário particular da rainha da Unidos da Tijuca.

É que de acordo com o colunista Leo Dias, do jornal carioca ?O Dia?, deste sábado, 3, Viviane Araújo teria xingado Reinaldo Lopes Benedito Filho de ?veadinho, preto e escroto?, e ainda teria atirado salgadinhos nele, durante o lançamento do CD das escolas de samba do grupo especial. Reinaldo registrou queixa na 42ª DP, do Recreio, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

"Nunca agrediria o rapaz chamando-o de preto e veado. Metade da minha família é negra, minha avó era negra... E os gays fazem parte da minha vida desde sempre. Isso é uma injustiça comigo. Esse menino está querendo aparecer, ter os 15 minutos de fama dele, coitado. Mas, quando ele diz que eu me benzo quando ele se aproxima, ele está falando a verdade. Aprendi isso com a minha família, sempre invocar Deus quando o mal se aproxima", falou Viviane Araújo para o colunista negando qualquer problema.

Ainda de acordo com o jornal, Viviane será chamada para depor e pode ser indiciada pelos crimes de injúria qualificada por preconceito e racismo. Como todo mundo sabe, o clima entre as duas não é bom por causa do pagodeiro Belo.

Fonte: Ego, www.ego.com.br