Selton Mello critica ator Pedro Cardoso

Ele criticou diretores que usam cenas de nudez sem propósito em seus filmes

O ator Selton Mello, que este ano estreou na dire??o com o longa Feliz Natal, respondeu no blog oficial do filme ao manifesto do ator Pedro Cardoso, que criticou diretores que usam cenas de nudez sem prop?sito em seus filmes.

A pol?mica foi deflagrada por Pedro Cardoso no ?ltimo dia 8, antes de uma sess?o do filme Todo Mundo Tem Problemas Sexuais.

Em um manifesto, Cardoso afirma que "qualquer cineasta de primeiro filme se acha no direito de determinar que uma atriz deve ficar pelada em tal cena, ou sumariamente vestida, ou levando um malho, ou beijando calorosamente dez minutos um ator que ela acabou de conhecer".

Graziella Moretto, namorada de Pedro Cardoso, ? uma das atrizes do longa, no qual aparece em cenas sensuais.

Confira abaixo o comunicado de Selton Mello:

"Tomando como ponto de partida o manifesto do ator Pedro Cardoso e o fato de a imprensa envolver meu nome e trabalho neste epis?dio, sinto-me no dever de me posicionar, fazendo uma reflex?o em dois movimentos:

1- O filme Feliz Natal, dirigido por mim, foi concebido e realizado em um ambiente de harmonia, com todos os envolvidos - elenco e t?cnica - trabalhando com respeito m?tuo e delicadeza. Delicadeza ? o sentimento que reinou antes, durante e mesmo depois das filmagens, com manifesta?es carinhosas trocadas entre toda a equipe e elenco, felizes por termos exercido nosso of?cio de forma t?o inspirada e apaixonada. Portanto, estou seguro e muito contente por ter realizado um filme simples e delicado, conduzido com o respeito habitual que sempre tive com qualquer pessoa que tenha cruzado meu caminho, e assim foi durante toda minha vida como homem e artista. E escrevo isto em nome de toda uma equipe que sempre falou a mesma l?ngua e pode atestar minhas afirma?es.

2- Quanto a emitir uma opini?o sobre o manifesto, penso que se uma cena de nudez estiver inserida em um contexto leg?timo, como express?o genuinamente art?stica, sem tra?o algum de banaliza??o, me parece algo bastante natural e belo. H? centenas de exemplos disto na hist?ria do cinema e da arte. Selton Mello."

Fonte: Terra, www.terra.com.br