"Senti um friozinho na barriga", diz Ana Hickmann sobre substituir Eliana na Record

Há quase quatro anos, Ana Hickmann levava, ao vivo, um pito de uma telespectadora

Há quase quatro anos, Ana Hickmann levava, ao vivo, um pito de uma telespectadora. Novata na apresentação do ?Hoje em dia?, programa substituto do ?Note e anote?, que saiu do ar com Claudete Troiano, Ana conduziu uma brincadeira de forma diferente da antiga anfitriã e reagiu com bom humor à bronca da senhorinha.

O bom humor e o inegável jogo de cintura de Ana foram suficientes para, hoje, a ex-modelo ser o principal nome do casting da emissora, que lhe dá o maior desafio de sua curta carreira na TV: o de brigar pela audiência do domingo com sua estreia, hoje, à frente do ?Tudo é possível?. ?Para mim, é um presente apresentar um programa de auditório aos domingos?, diz Ana.

Apesar da experiência, a loura confessa que tremeu quando se viu sozinha no palco da atração, gravada

durante a semana: ?Quando entrei no palco do programa pela primeira vez, fiquei com um friozinho na

barriga, mas a produção, a plateia e a equipe técnica me acolheram muito bem?.

Ana jura de pés juntos que não imaginava que seria a substituta de Eliana, que foi para o SBT. ?Nem pensava nisso, mas confesso que quando recebi o convite para apresentar o ?Tudo é possível? não tive dúvidas e aceitei na hora. Para mim foi uma honra ter sido escolhida?, diz Ana, que foi beneficiada com a saída de Eliana: teve seu contrato renovado por oito anos com um salário na casa dos R$ 300 mil.

Para dar conta de dois programas, Ana vai deixar de apresentar o ?Hoje em dia? às quartas (dia em que grava o dominical) e aos sábados. ?Minha rotina está corrida, mas dou conta de todos os compromissos. Adoro trabalhar?, diz ela que também se prepara para comandar o reality ?Project runway?: ?Este projeto serásó para o próximo ano?.

O fato de não estar à frente do matinal durante dois dias na semana dará a Ana a chance de ficar um

pouco mais na cama. ?Como não estarei no ?Hoje em dia? às quartas, vou poder acordar um pouco mais

tarde do que o normal, que é às 7h?, ri a loura, de 28 anos e 1,20m de perna.

Fonte: Extra, extra.globo.com