Sérgio Cabral defende legalização dos jogos de azar no Rio

Sérgio Cabral defende legalização dos jogos de azar no Rio

Para ele, seria uma forma de aumentar a fonte de arrecadação para vários setores

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, defendeu nesta quinta-feira (8) ? durante inauguração do prédio da Loterj (Loteria do Estado do Rio de Janeiro) a legalização dos jogos de azar. Para ele, seria uma forma de aumentar a fonte de arrecadação para vários setores, inclusive a saúde pública.

- Eu acho que o jogo no Brasil, se aberto e legalizado, poderia ser uma fonte de financiamento importante para tanta coisa. Inclusive para saúde. Não se fala tanto em financiamento de saúde? Eu lamento que no Brasil a gente não possa modificar isso e ter jogos legalizados, organizados, controlados e com dinheiro bem aplicado.

Ainda de acordo com o governador, policiais militares que vão integrar a UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) começam a chegar ao complexo do Alemão em março do ano que vem. A chegada dos PMs será gradual a partir de março até junho, quando a UPP será instalada definitivamente.

- O Exército não ficará lá para sempre. Em março, entra a força de paz para a UPP. Serão quatro meses de migração.

A Secretaria de Segurança decidiu estender a permanência dos militares da Força de Pacificação até junho de 2012 por falta de policiais. A previsão inicial era que o Exército ficasse no Alemão até outubro deste ano.

Fonte: r7