Sexo casual não traz danos emocionais, diz pesquisa

Acontece que a professora também não incentiva a prática

Atenção, fãs das relações informais, amigos com benefícios, ficantes entre algumas expressões que até podem ser publicadas aqui. Pesquisadores da Universidade de Minnesota entrevistaram 1300 jovens entre 18 e 24 anos e constataram que aqueles que costumam praticar sexo casual (1/5 dos participantes) apresentaram o mesmo estado emocional - a saber, bem-estar sentimental e auto-estima - que o grupo que está em relações estáveis. Segundo Marla Eisenberg, professora assistente da Escola de Saúde Pública da universidade, o resultado não surpreendeu e derruba o mito propagado pelas campanhas de abstinência que o sexo casual é totalmente destrutivo em termos emocionais.

Acontece que a professora também não incentiva a prática. "Não é para qualquer um e tem que se considerar que sexo casual pode ser danoso à saúde física graças às doenças sexualmente transmissíveis, gravidez indesejada e violência sexual. É nisso que as autoridades deveriam focar em suas campanhas", afirmou a especialista. Em tempo, o estado de Minnesota vem apresentando um índice crescente de gravidez adolescente e de DST. Portanto, para a diversão não virar dor de cabeça, não se esqueça da camisinha.

Fonte: Terra, www.terra.com.br