Sheila Mello estreia como atriz na TV: "grande oportunidade"

Sheila Mello estreia como atriz na TV: "grande oportunidade"

Sheila começou a carreira como dançarina do grupo baiano É O Tchan, em 1998

A relação de Sheila Mello com as Artes Cênicas teve origem na dança. É por isso que ela não esconde a satisfação em interpretar a dançarina Vera, de Ribeirão do Tempo, da Record. "Dancei a vida inteira. Poder atuar e dançar ao mesmo tempo é uma grande oportunidade", ressaltou. O trabalho marca a estreia da atriz em novelas. Antes, ela participou do reality show A Fazenda 2 e do especial de fim de ano Balada, Baladão. O convite para participar da reta final do folhetim de Marcílio Moraes partiu do diretor de elenco da emissora Fernando Recoleta. "Foi tudo muito rápido. Estava querendo trabalhar na televisão e já tinha participado de algumas coisas na casa. Minha carreira sempre foi assim, as coisas vão acontecendo", falou.

Sheila começou a carreira como dançarina do grupo baiano É O Tchan, em 1998. Na época, a banda reinava nas paradas populares das rádios do país. "Ser famosa não passava pela minha cabeça. O grupo me trouxe muitas coisas boas e visibilidade", confessou. Depois de muitos shows e alguns ensaios sensuais em revistas masculinas, Sheila recebeu o convite para fazer uma peça de teatro. Foi assim que ela começou a articular sua saída do grupo e uma guinada em direção a carreira de atriz. "Abracei essa oportunidade e decidi me aprofundar, me profissionalizar", contou Sheila, que estudou na Escola Superior de Artes Célia Helena, em São Paulo, por onde já passaram nomes como Antônio Calloni e Cássio Scapin. "Foi mais que uma formação profissional. Foi lá que aprendi a não ser tão vulnerável em relação ao preconceito e as críticas", disparou.

Apesar de nunca ter sido destratada, Sheila sabe que muitos ficaram desconfiados de sua capacidade como atriz por conta do período em que ficou no grupo de axé. "O culto ao corpo era muito forte e muitas pessoas falam sobre isso até hoje. Criei uma defesa. Respeito as opiniões, mas não dou ouvido para qualquer um", jurou a atriz, que acredita que ter sido dançarina foi fundamental para a construção da personagem atual. Vera é a fiel melhor amiga de Marisa, de Daniela Galli. "Busquei inspiração nas relações de amizades verdadeiras que eu conheço. Antes de dançar e se prostituir, a Vera é uma pessoa solar e autêntica", definiu.

Morando em São Paulo e gravando nos estúdios da Record, no Rio de Janeiro. A atriz agora vive na ponte aérea entre as cidades e confessa estar se acostumando a puxada rotina de gravações de uma novela. "Tudo é novidade para mim. Me sinto insegura ainda, mas assumo as responsabilidades", contou Sheila, que alugou um flat no Rio e costuma chegar mais cedo ao set para passar o texto com os atores de seu núcleo. Além disso, ela conta com a ajuda de um coach para se preparar para as cenas. "Estava com uma peça em São Paulo e tive de deixar o espetáculo por conta desse trabalho", valorizou.

Todo o cuidado para a novela é justificado pelo receio de ter entrado por último na trama. "O Edgard me falou para ter paciência. Não tive a preparação que o resto do elenco teve e ainda estou aprendendo a linguagem de televisão", contou a atriz, referindo-se ao diretor Edgard Miranda. Além disso, A grande dificuldade da loura é lidar naturalmente com as câmeras. Acostumada a dançar olhando para as lentes, Sheila confessa que às vezes se segura para não olhar para onde não deve. "É muito engraçado. Como dançarina eu tinha de olhar para a câmera, para o público, tinha esse contato. Na tevê é o contrário", divertiu-se.

Ribeirão do Tempo - Record - De segunda a sexta, às 22h15.

Fonte: Terra, www.terra.com.br