“Só não morri porque fui amparado pelos fãs”, diz Dinho Ouro Preto após queda de palco

O cantor falou sobre seu estado de saúde e lamentou não poder receber todas as visitas

Dinho Ouro Preto publicou uma carta site da banda Capital Inicial, da qual é vocalista. "Só não morri porque fui amparado pelos fãs?, afirmou o cantor. Pela primeira vez desde o acidente sofrido em Pato de Minas (MG) no sábado (31) ? quando caiu de uma altura de três metros ? ele falou sobre o episódio e disse ter ficado muito perto da morte: ?O que aconteceu foi grave, mas tenho plena consciência de que poderia ter sido muito pior?.

O cantor falou sobre seu estado de saúde e lamentou não poder receber todas as visitas que comparecem ao hospital: ?Quebrei três costelas, trinquei seis vértebras, levei cinco pontos no queixo, machuquei meus rins, minha cabeça e meus dentes. Tenho dificuldade de me concentrar, de abrir os olhos ? a luz me incomoda?. Ele ficará em observação na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, até o próximo sábado (7).

Em tom emocionado, Dinho agradeceu o carinho dos fãs, a quem dedicou a carta: ?Quero reiterar o agradecimento à solidariedade e às mensagens que vêm dos quatro cantos do país. Isso não para de me lembrar qual o propósito da minha vida: nossos fãs.



Fonte: Quem, revistaquem.globo.com