Solange Gomes pode desfilar, mas tem prejuízo de R$ 30 mil

Solange Gomes pode desfilar, mas tem prejuízo de R$ 30 mil

A melhor solução é tentar reaproveitar parte do material já empregado na alegoria vetada.

Terminou a polêmica causada pelas fotos sensuais de Solange Gomes, nas quais ela aparece como enfermeira sexy. A boa notícia é que a Imperador do Ipiranga, escola paulista em que ela sai como musa no carnaval 2010, liberou a presença da modelo no desfile, que até então estava ameaçada depois que várias associações de profissionais ligados à saúde protestaram contra as fotos. A má é que Solange não poderá mais desfilar de enfermeira, nem de branco, de modo que possa fazer qualquer alusão aos profissionais de saúde.

O problema é que a modelo já gastou R$ 30 mil para confeccionar uma roupa toda branca que faria referência à vacinação no enredo da escola que vai falar sobre a medicina.

Segundo a assessoria de Solange, a melhor solução para modelo, que também vai desfilar na Porto da Pedra, no Rio, é tentar reaproveitar parte do material já empregado na alegoria vetada.

?Ela já havia gastado R$30 mil para confeccionar uma fantasia que seria toda branca. Mas, com essa proibição, vai tentar reaproveitar algumas coisas e correr contra o tempo para aprontar uma fantasia nova?, explicou o assessor.

A decisão de vetar a fantasia de enfermeira de Solange Gomes no carnaval paulista foi tomada depois que a Imperador do Ipiranga recebeu da Associação Brasileira de Enfermagem um pedido para que a modelo não use o traje no desfile.

Fonte: Ego, www.ego.com.br