Tatá diz ser tímida e que teve vergonha das roupas de Valdirene

Tatá diz ser tímida e que teve vergonha das roupas de Valdirene

Atriz entrega a mãe e conta que Cláudia Werneck tem ciúme da "Mãezoca"

Divertida como sempre, Tatá Werneck, a Valdirene de Amor à Vida, preparou cachorro-quente no palco do Encontro e conversou com Fátima Bernardes sobre sua primeira experiência em novelas e disse que quase não fez o teste para a trama. Por incrível que pareça, a humorista disse que é tímida. Dá para acreditar? ?Eu sou a pessoa mais tímida do mundo. Eu vou à praia, eu dou um pliê para trás para tirar a roupa, eu tenho vergonha da barriga. Então, quando me vieram com uma cena de barriga de fora, eu rezei três "Pai Nosso" e fui. E aí malhei, mas depois com o ritmo de gravação eu não consegui manter?, contou ela.

A atriz lembrou ainda a vergonha que sentiu quando passeou pelo PROJAC com um dos figurinos da Valdirene. ?Uma vez eu fui com um macacão que mostrava tudo e encontrei aqueles caras gatos da Globo, que você olha e fala: ?Meu Deus, eu gostaria de ter você?. E estavam todos olhando, e eu fiquei morrendo de vergonha?, admitiu.

Nunca imaginei que fosse sentir ciúmes da Savalla. Mas eu quase não vejo mais a Tatá, e eu tenho vontade de abraçá-la e aí eu vejo que a Savalla a abraça, que elas se dão muito bem"

Cláudia Werneckr

A atriz também entregou a mãe, Cláudia Werneck, que também participou do programa: ?Ela tem ciúme da mãezoca. Outro dia ela disse: ?Vi você cheirando a Savalla. Tem tanto tempo que você não me cheira??. Cláudia explicou que não pensou que teria ciúme da relação da filha com Elizabeth Savalla. ?Eu estou descobrindo sentimentos novos em mim. Nunca imaginei que fosse sentir ciúmes da Savalla. Mas eu quase não vejo mais a Tatá, e eu tenho vontade de abraçá-la e aí eu vejo que a Savalla a abraça, que elas se dão muito bem e que há uma sintonia muito grande entre as duas. A gente fala que ninguém confunde o personagem com o ator, mas no campo do afeto tudo pode acontecer. E eu estou elaborando esse momento todo?, disse.

A atriz falou também sobre as cenas com Neymar, Pato, Belfort e Luciano Huck. "Na cena com o Neymar eu estava nas minhas primeiras semanas de gravação e foi ele quem me tranquilizou. Eu pisei no pé dele e vieram logo nove homens para ver o que tinha acontecido porque tinha jogo. Imagina se o Neymar fica sem jogar por minha causa, esse dedo ia sair do meu salário?, divertiu-se. ?O Pato foi ótimo, fiquei muito amiga dele, ele é muito simpático e muito gentil. Já com o Belfort eu fiquei com medo. Ele tinha vindo de uma luta e estava com a mão inchada. E ele é grande, a mulher é grande...?, brincou a atriz.

Fonte: G1