"Tenho certeza que filho é dele", diz affair sobre ator Caio Castro

"Tenho certeza que filho é dele", diz affair sobre ator Caio Castro

No quarto mês de gestação, ex-affair diz que não mantém contato com o ator, mas que ainda sente carinho por ele: "Temos um vínculo eterno agora".

Após um período de silêncio, Carolina Bianchi, jovem que afirma estar esperando um filho do ator Caio Castro, conversou sobre sua gravidez nesta terça-feira, 17. Com quase quatro meses de gestação, ela conta que entregou o apartamento que tinha no Rio - onde morava há três anos - e voltou para Fortaleza, onde vivem seu pai e outros membros de sua família, e está aproveitando para descansar e colocar os pensamentos em ordem.

"No momento estou descansando bastante. Durmo bem, vejo TV, pego sol, curto a minha família... Já estou começando a montar o quartinho do bebê e a comprar coisinhas. Mas confesso que ainda não caiu a ficha de que vou ser mãe. Tem horas que acho bacana e em outras fico em pânico. Às vezes estou bem e do nada fico irritada, chateada e começo a chorar. Esses hormônios estão me enlouquecendo (risos). É um misto de emoções e sentimentos. Ainda mais porque não tinha planos de ter um filho tão cedo", afirma Carolina, que acredita estar esperando um menino: "No exame de ultrassom que eu fiz há três semanas, o médico disse que tinha 90% de chance de ser menino. Mas só vou ter certeza no próximo."

Traumatizada com o assédio e a superexposição que vem sofrendo após a divulgação da gravidez em um jornal carioca, ela diz que tem procurado se manter afastada da mídia para evitar mais problemas com Caio. E revela que não fala com o ator desde a mesma época, quando ele teria mandado uma mensagem para questioná-la sobre como a informação havia vazado.

Logo após a divulgação da gravidez, Caio alfinetou: "Meu sonho é ser pai, mas acho que não vai ser dessa vez não. Quem tem boca fala o que quer. Já ouvi coisa mais cabeluda do que "você vai ser pai" ou "estou esperando um filho teu". De boa, acontece. Daqui a nove meses ela vai ter que mostrar esse filho para alguém. Espero que mostre para mim pelo menos".

Carolina, no entanto, diz ter plena certeza sobre a paternidade do filho que espera. "Eu e o Caio nos conhecemos no ano passado, em uma festa na casa de um amigo. E saímos pela primeira vez no meu aniversário, no dia 1º de julho. Tivemos um relacionamento sério até setembro e terminamos. Mas nos reencontramos em junho deste ano novamente, em um jogo da Copa das Confederações em Salvador, e começamos a sair esporadicamente até agosto. Não sai com ninguém em setembro e descobri que estava grávida em outubro. Eu tenho certeza de que ele é o pai do meu filho. Não tenho dúvida", garante Carolina.

Questionada se pretende procurar o ex em algum momento ou pelo menos ligar para ele quando a criança nascer, ela pondera: "Estou vivendo um dia de cada vez. Vivendo o hoje sem pensar no amanhã. Quando o bebê nascer, acredito que as coisas vão se encaixar. Como diz a minha avó, a verdade tem um peso. Pode demorar, mas ela sempre vem. Nada melhor do que o tempo. Até o nascimento do meu filho vou saber o que fazer. Tudo tem um propósito e uma hora a gente entende. Não tenho expectativa nenhuma agora. Só quero paz e amor, além de saúde para mim e para o meu filho"

Apesar da ausência de Caio, Carolina diz que compreende a posição do ex e explicou a declaração que deu, recentemente, afirmando que ele teria lhe pedido para abortar a criança.

"Quando eu contei para ele que estava grávida, ele ficou nervoso, né? Como eu também fiquei. Mas ele foi superlegal, saímos para conversar, fomos à praia cedo. Acho que o que aconteceu não foi pelo fato dele não querer o filho. Mas pela história que ele estava vivendo... Pelo medo de passar novamente por aquilo tudo (se referindo à morte da filha que Caio teria tido com uma amiga). Ele é humano, de carne e osso como qualquer um de nós. Tento me colocar um pouco no lugar dele também e não julgar. Eu compreendo, mas confesso que foi complicado lidar com as minhas angústias e emoções naquele momento. É difícil ser mãe, ainda mais sem um pai. Não sei dizer realmente qual o meu sentimento por ele agora... Sou muito grata por tudo que a gente teve e tem momentos que ainda penso nele com carinho. Vai ter que ser assim, né? Porque temos um vínculo para sempre agora", acredita.

Carolina comentou ainda a notícia - publicada pelo mesmo jornal - de que Caio a teria ameaçado de processo - "Não recebi nenhuma notificação pelo menos. Não estou sabendo de nada".

Por causa da gravidez inesperada, Carolina teve que abandonar o curso de moda que estava fazendo no Senac e suas aulas de teatro. Ela ainda não sabe como será o futuro e tem contado com o apoio financeiro, além de emocional, da família. "Tive que abrir mão de todos os meus planos de vida por causa disso e não pude nem continuar ensaiando para a peça de conclusão do meu curso de teatro porque minha gravidez tem um certo risco por causa do DIU. Aumenta a probabilidade de aborto espontâneo e parto prematuro. Tudo isso foi um baque muito grande para mim. Ainda mais porque fui metralhada por todos os lados. Pessoas que nem me conhecem começaram a me julgar. Nunca almejei fama, nunca fui atrás disso", defende-se.





Fonte: EGO