Thiago sobre Pedro: "Não duvido que voltaremos a cantar este ano"

Primo e parceiro da dupla, Thiago disse em entrevista que o Pedro Leonardo está "louco para voltar a fazer shows".


Thiago sobre Pedro:

O cantor Thiago está otimista quanto à volta aos palcos do primo e parceiro Pedro Leonardo. "O quadro clínico do Pedro está bacana, agora é recuperar a força, a coordenação motora e a voz. Não duvido que a gente volte a cantar junto ainda este ano", disse ele em entrevista. Segundo Thiago, Pedro quer voltar a cantar logo. "Ele é louco pelo que faz e é hiperativo. Ele sabe de suas limitações, mas está doido para voltar a cantar. Ele liga para os empresários e pergunta se marcaram shows".

De acordo com Thiago, Pedro já está comendo de tudo e está aproveitando para passar mais tempo com a mulher, a arquiteta Thais Gebelein, e a filha Maria Sophia, de um ano. "A filha é a paixão da vida dele. Eu costumo dizer que ele tem uma filha linda e ele responde: "Acertei no alvo, né? Não errei o tiro"".

Thiago conta que comenta com Pedro "tudo o que está acontecendo". "Ele está bem situado. Outro dia ele falou: "Ô gente, foi mal. Desculpem pelo susto"".

Ainda sem Pedro, Thiago vai fazer um show em Água Boa, no Mato Grosso, no próximo dia 27 de julho. "Eu assumi de fazer shows sozinho e faço com o mesmo carinho, dou a mesma importância. Acho que já quebrei o primeiro impacto de subir ao palco sozinho com o primeiro show em Serra Talhada, no Espírito Santo. Estou bem feliz e o repertório é alto-astral. Acho importante continuar o trabalho. Quando o Pedro voltar já vamos estar em uma posição mais bacana".

Relembre o acidente

Na madrugada do dia 20 de abril, Pedro voltava de um show em Uberlândia, em Minas Gerais, onde se apresentou ao lado do primo Thiago, quando perdeu o controle e capotou o seu carro na BR-452, entre os municípios de Tupaciguara e Araporã, no estado de Minas Gerais, perto da fronteira com Goiás. O cantor foi socorrido e internado no Hospital Municipal Modesto da Silveira de Itumbiara, Goiás, onde no mesmo dia foi submetido a uma cirurgia para conter uma hemorragia abdominal, além de ter sido diagnosticado com um leve traumatismo craniano.

No dia 26, Pedro foi transferido de avião para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde permaneceu até esta segunda-feira, 9.

Fonte: EGO