"Toda mulher precisa de homem que dê um tranco", revela atriz Alessandra Negrini

"Toda mulher precisa de homem que dê um tranco", revela atriz Alessandra Negrini

A atriz global abriu o jogo em entrevista a jornal.

Alessandra Negrini deu entrevista para a revista "Já É!", do jornal carioca "O Dia", deste domingo, 15, para falar de seu novo espetáculo teatral, "A Propósito de Senhorita Julia", que estreou no Teatro Nelson Rodrigues, no Rio de Janeiro, e acabou fazendo uma análise das relações humanas. Coisa que também é feita de modo passional na peça.

?A peça é uma batalha, atração e repulsa o tempo todo. É como se fosse uma partida de futebol, mas ninguém sai vencedor?, explica a atriz, que não se parece em quase nada com a Senhorita Julia.

No teatro, a atriz é xingada de ?vagabunda? pelo personagem de Armando Babaioff depois de uma cena de sexo. ?Esse autor maltrata muito as mulheres, tem aversão. É difícil ouvir certas coisas depois de transar. Vivo aquilo no palco, depois fico mais leve até. Acabo me acostumando?, confessa ela, que na trama encara um jogo de dominação.

Embora não se identifique com a espécie de relação que sua personagem desenvolve na peça, Alessandra prefere se envolver com um homem de atitude do que com qualquer mané. ?Toda mulher precisa de um homem que dê um tranco. O cara vai ser um molengão? Nós mulheres não gostamos disso! É normal querer uma autoridade masculina na relação. Mas dominar totalmente não tem a menor graça. Bom é o prazer de jogar?, diz.

Fonte: O Dia Online