Popozuda se sofistica e diz que nunca implorou para ser aceita na elite; fotos

"Não pedi, eles reconheceram meu trabalho", disse a cantora

As pessoas acham que eu falo muito palavrão por causa das letras das minhas músicas. Mas hoje eu ainda não falei nenhum, acredita??, constatou Valesca Popozuda em conversa com a coluna na noite de quinta-feira, 20. Intérprete da onipresente ?Beijinho no ombro?, a loira já não é mais a mesma ? para o bem, é bom que se diga.


Valesca Popozuda se sofistica e diz que nunca implorou para ser aceita para elite

Quatorze anos depois da formação da Gaiola das Popozudas, grupo que a lançou, Valesca está muito mais sofisticada que a garota crescida no Irajá, na Zona Norte, e que ficou famosa por cantar funks com versos proibidos para menores. Hoje, usa roupas de grife, é ícone cult, abraçada pela elite, e virou figurinha fácil em programas de TV.

?Cara, eu não tinha dinheiro para nada. Zerada mesmo?, justifica: ?E a cabeça da gente muda, né? Não tinha conhecimento de nada?. Hoje, ela é até capaz de falar de alta costura. "Leio "Vogue", estou sabendo as coisas já".

Delírios de uma nova rica? "Cara, eu trabalho muito para conseguir o que eu quero", diz.Fazer sucesso entre os endinheirados, admite, é uma vitória: ?Não pedi para ser aceita, eles reconheceram o meu trabalho?. À convite da Retratos, ela conta o que mudou de lá para cá. E beijinho no ombro para as recalcadas!

A EVOLUÇÃO DA ESPÉCIE


 ?NÃO PEDI, ELES RECONHECERAM MEU TRABALHO?

Eu queria ser poderosa como... Beyoncé.

Eu quero ser poderosa como... Beyoncé.

O funk, para mim, era... uma coisa que eu ainda não sabia se ainda ia dar certo ou errado.

O funk, para mim, é... a minha vida, minha história.

Meus fãs eram... apenas fãs

Meus fãs são... meus popofãs

Eu tinha vergonha de... enfrentar o público

Eu tenho vergonha de... não tenho vergonha de nada

Minha tintura era... cor de cotia. Era aquele amarelo que parece ferrugem (risos)

Minha tintura é... linda e maravilhosa. É a Viviane Siqueira quem cuida

Meu segredo de beleza era... nenhum. Usava óleo com purpurina no corpo.

Meu segredo de beleza é... são cremes importados. Uso no corpo um produto da Lorac, Tantaliver, que deixa tudo maravilhoso!

Eu queria "dar"... uma casa para minha mãe.

Eu quero "dar"... uma estrutura melhor para o meu filho e para a minha família.

Sexo para mim era... tudo.

Sexo para mim é... impossível quase! (risos)

O homem ideal era... que manda flores.

O homem ideal é... romântico. As pessoas não acreditam, mas eu sou romântica.

Quando eu ficava solteira eu... extravasava!

Quando eu fico solteira eu... continuo soltinha!

A night perfeita tinha que ter.... boas companhias.

A night perfeita tem que ter... amigas perfeitas. Tenho algumas amigas assim.

A bebida que pisca era... caipirinha com limão.

A bebida que pisca é... vodka Grey Goose! Adoro!

Eu andava de... ônibus.

Eu ando de... carro, van, kombi, ainda ando de tudo! O importante é chegar onde quero chegar.

Eu queria viajar para... fora do país.

Eu quero viajar para... Dubai. Ia andar de shortinho, se não quiserem olhar que virem a cara! (risos!)

Nos fins de semana eu costumava... não parava.

Nos fins de semana eu costumo... trabalhar muito, sem tempo de diversão. Continuo fazendo pelo menos dois shows por noite.

Meu cantinho favorito era... minha casa.

Meu cantinho favorito é... minha cama.

Eu queria ser uma mãe... presente.

Eu quero ser uma mãe... mais presente.

Meu sonho de consumo era... sapatos. Adorava, mas não tinha dinheiro para comprar.

Meu sonho de consumo é... ter um sapato para cada dia da minha vida! Haja cartão de crédito!

Chanel, Prada e Dolce & Gabbana eram pra mim... não conhecia

Chanel, Prada e Dolce & Gabbana são pra mim... conheço todas! Compro quando viajo pro exterior.

Paris era... um sonho.

Paris é... uma realidade.

Eu comprava... quase nada. Só o necessário.

Eu compro... o que eu quiser. Posso comprar supérfluos

A coisa mais cara que eu podia comprar era... um perfume sem ser importado. Usei muito Natura, Avon, Boticário...

A coisa mais cara que eu posso comprar é... uma bolsa de R$ 14 mil da Chanel!

Muito dinheiro para mim era... qualquer dinheiro. Era zerada! (risos)

Muito dinheiro para mim é... hmmm, difícil dizer...

Sofri de recalque quando... não tinha.

Sofro de recalque quando... não tenho, juro!

Minhas inimigas eram... aquelas que eu achava que eram minhas amigas e me decepcionaram.

Minhas inimigas são... não dou espaço para que elas apareçam na minha vida.

Eu queria dar tiro, porrada e bomba em... quando eu me apaixonava.

Eu quero dar tiro porrada e bomba em... o preconceito contra os gays. Fui muito bem aceita pelo público LGBT. Tenho orgulho disso. Eu não me joguei para ser aceita. Graças a Deus, fui abraçada por eles.

Eu não dava, distribuía... beijos

Eu não dou, distribuo... não dou nem distribuo nada (risos)

Eu dava beijinho no ombro... os beijinhos eram na bochecha!

Eu dou beijinho no ombro... para todas as recalcadas!

Fonte: Extra