Veja o que Pink, Manoela e outros ex-BBBs andam fazendo

Hoje você vai ver mais algumas histórias da vida depois da fama

Você viu aqui na semana passada o destino de alguns participantes do Big Brother Brasil. Quem virou artista? Quem está servindo pizza? Quem é dona de salão de beleza? Hoje você vai ver mais algumas histórias da vida depois da fama. Tudo é festa na vida dos brothers.

Até chegar a eliminação, quando acaba o sonho de riqueza e fama.

?Ninguém vai pagar minha conta porque eu sou ex-big brother, sacou??, diz Felipe Cobra.

É verdade, mas existe uma atividade que garante um dinheiro: a do ex-BBB profissional. ?Fiquei um ano vivendo daqueles bicos que Big Brother geralmente faz: aparece aqui, aparece ali, aparece aqui, aparece ali?, conta Felipe.

?Era convidado pra ir em festa, que no final era meio que trabalho. Você ganha uma quantia legal, mas nada que vai te manter muito tempo, né??, diz Aírton.

Manoela

?Fiquei três anos na função Big Brother, né? E ganhando dinheiro, tem mais é que ganhar mesmo, tem mais é que entrar e fazer dinheiro, muito evento, muitas festas, entendeu??, diz Manoela.

Manoela tinha 22 anos quando entrou no BBB2. Ela estudava administração no Rio de Janeiro. Saiu da casa derrotada na final, faturou como ex-BBB, trabalhou no mercado financeiro, mas aí veio a iluminação. ?Comecei a estudar tudo, fui pra budismo, zen-budismo, xamanismo, ufologia, até ufologia eu estudei?, conta. Ela também estudou a cabala, e há dois anos ganha a vida dando aulas sobre essa doutrina mística. ?Sempre estudei, sempre fui meio filósofa?, diz.

Por isso, nada de holofotes na vida dessa ex-BBB, apesar dos convites. ?Você sai do Big Brother, um mês depois tem uma peça de teatro te convidando. "A Manoela do Big Brother está aqui fazendo peça de teatro." Mas ia ser um mico tão inenarrável, que eu falei, gente, eu não posso aceitar isso, que eu nunca estudei teatro.?



Cida

Quem não se lembra da graciosidade da Cida? Ela melhorou a coordenação motora. Antes do BBB, Cida tinha sido aeromoça durante vinte anos. Saiu da casa e tentou ralar na mesma profissão. Não deu certo. Resolveu então assumir, no Rio de Janeiro, toda aquela vocação artística que o Brasil conhece: ?Resolvi montar uma companhia de teatro, que eu tinha muita vontade de reunir pessoas talentosas, que não tinham oportunidade de entrar no Big Brother.?



Moisés

No BBB2, quem teve oportunidade foi o Moisés. Oportunidade de comer muito. Não deu outra: ele, que era vendedor, voltou para Porto de Galinhas, em Pernambuco, e abriu um restaurante. ?Vocês podem ver que o nosso espaço aqui é aconchegante, climatizado. É uma coisa boa, apareçam aqui cada vez mais, porque isso aqui foi um upgrade que o Big Brother deu para minha vida?, afirma Moisés.



Felipe Cobra

Quando estava na casa, o Felipe Cobra sabia que, festas à parte, o BBB não é moleza. ?O Big Brother fez eu amadurecer e realmente encarar a vida como ela tem que ser encarada, entendeu? Tipo assim, trabalhar, ralar, correr atrás?, diz Felipe. Antes do BBB, ele era dono de uma loja. Depois de sair da casa, ele terminou o curso de educação física e hoje dá aulas em uma academia no Rio. Está vendendo saúde.



Aírton

Já o Aírton, que na casa admitiu ser igual ao caubói Alberto no que diz respeito a pecados capitais, hoje faz como a Cida: rala muito no Rio de Janeiro. ?Não fiquei rico, tô aqui pobre, lutando, acordando às 5h30, como todo mundo, e chegando em casa às 23h, e é isso aí?, conta o ex-BBB. Aírton teve vários trabalhos antes do BBB. Agora tem dois empregos e estuda desenho industrial à noite. Vida normal.

?Parece que é obrigatório, para as pessoas que fazem Big Brother, você seguir uma carreira artística. E eu não acho que seja?, opina Manoela.

Tati Pink

A Tati Pink chegou a trabalhar no Zorra Total, da TV Globo, depois do BBB5, mas acabou retomando a profissão de antes do programa. Voltou para o Recife, e hoje é dona de um salão de beleza. ?Um programa dá um limão, não é? Agora, faz a limonada quem quiser. Eu tô já fazendo doce de limão com o limão que eles me deram?, diz Pink.



Outros ex-BBBs

Quem anda fazendo limonada também é a Joseane, do BBB3: virou corretora de imóveis. A Mariana e o Saullo, do BBB6, são empresários. A Thaís do BBB2 é personal trainer. O doutor Marcelo, do BBB8, hoje é psiquiatra; a Inês, do BBB6, é vendedora. E a Solange, do BBB4, virou atriz.

Fonte: g1, www.g1.com.br