Vereador pede atestado médico falso para ir a jogo de futebol

Vereador de Curitiba pede atestado médico falso pelo Facebook

O vereador curitibano Julião Sobota (PSC), presidente da torcida ?Os Fanáticos?, maior organizada do Atlético-PR, usou o Facebook para pedir um atestado médico falso que o permitisse faltar à sessão da Câmara de Vereadores e assistir à partida entre seu clube e o Toledo, às 17h desta quarta-feira (8), em Curitiba.


Vereador pede atestado médico falso para ir a jogo de futebol

?Alguém tem um atestado médico pra me emprestar??? Quarta tem jogo do Furacão (?) e se eu faltar no ?trampo?, de novo, os cornetas de plantão e os paz sem voz do rabo preso (referência ao jornal ?Gazeta do Povo? e à RPC, retransmissora da TV Globo no Paraná) vão me xaropear (sic) pra cacete?, escreveu, nesta segunda-feira (6). No post, ele ainda ironiza ?alguns nó cego (sic) da nossa imprensa?.

?Escrevi, assumo o que escrevi. Mas a história do atestado era uma brincadeira, para provocar algumas pessoas de algumas emissoras. E deu certo?, ironizou, às 16h desta quarta-feira. Naquele momento, ele se preparava para deixar seu gabinete e ir ao estádio.

?Vou ao jogo. Respondi chamada, participei da Ordem do Dia (votação dos projetos em pauta), cumpri minha obrigação?, disse. Naquele momento, ainda havia atividades no plenário, mas a assessoria de imprensa da Câmara informou que a presença é obrigatória apenas na ordem do dia.

O vereador já faltara à primeira sessão do ano na Câmara, semana passada. ?Levei minha sogra, de 82 anos, ao médico. Como sei que nada seria votado, seria só uma sessão de prestação de contas do prefeito, optei por ficar com ela. Quando saí da consulta, depois das 16 horas, liguei ao meu gabinete e me disseram que a sessão havia sido encerrada. Aí, fui ver o meu time.?

Ele negou ter obtido um atestado médico para justificar a falta e apresentou os motivos à Mesa Diretora da Câmara. Como não havia justificativa, ele deverá ter o salário daquele dia descontado. ?Tudo bem. Só tenho essa falta não justificada?, falou Sobota.

A postagem em que o vereador pede um atestado médico emprestado não está mais em seu perfil no Facebook. Apesar disso, ele disse que não a retirou do ar. Também no Facebook, ele desafiou os críticos a ?tentar a sorte?, e reafirmou que estaria no estádio à tarde.

Nesta quarta pela manhã, o vereador foi ouvido e absolvido pelo comitê de ética de seu partido. O presidente municipal do PSC e do Conselho de Ética do partido, Antônio Borges dos Reis, informou que Sobota se desculpou na sessão de ontem (terça, 7) e, assim, considera o fato superado.

Sobota também é investigado pela corregedoria da Câmara e deve passar pelo Conselho de Ética da casa. ?Vou convocá-lo para uma audiência. É natural que o caso vá (ao Conselho de Ética), pois surte um efeito negativo?, disse o vereador Roberto Hinça, líder do PSD e corregedor da Câmara.

Repercussão exagerada

?Não creio que exista um vereador que jamais tenha faltado a uma sessão para participar de um evento não oficial que lhe renderia votos?, afirmou o cientista político Emerson Cervi, professor-adjunto da Universidade Federal do Paraná (UFPR). ?A torcida é o reduto eleitoral dele.? No Facebook, vários atleticanos apoiaram o vereador.

?Esse caso ganha destaque por ele (Sobota) não ser um político clássico e por representar um setor da sociedade (as torcidas organizadas) que não é bem visto. Provavelmente, não haveria nenhuma repercussão se um outro vereador faltasse para ir a uma reunião com empresários?, disse Cervi. ?Isso, no entanto, não tira a responsabilidade de um vereador que age de maneira tão displicente e inconsequente.?

?Cara de pau?

Presidente em exercício da Câmara, Sabino Picolo (DEM) disse acreditar que o caso não mancha a reputação da casa, ?mas apenas do vereador?. ?Não se concebe um homem público ter atitude dessas. A corregedoria está atenta ao caso?, afirmou.

O líder da oposição, Jonny Stica (PT), cobra a entrada em vigor de artigo do regimento interno que multa em um dia de salário (cerca de R$ 300) vereadores que faltem sem justificativa. ?Mas acredito que o caso de Julião Sobota gerou críticas exageradas, mais até que a morte de um torcedor (atropelado na saída do estádio no mesmo dia em que o vereador foi ao jogo, semana passada).?

?A imagem da Câmara já é das piores, em função das denúncias contra Derosso (João Cláudio Derosso, presidente da Câmara afastado) e à absolvição dele pela CPI e pelo Conselho de Ética?, disse Algaci Tulio (PMDB), ex-líder da oposição. ?Temos vereadores que faltam a sessões de votação importantes. Ele (Sobota) faltou apenas a uma sessão solene.?

?O que incomoda, nesse caso, não é a falta ou o que o vereador deixa de fazer na Câmara, mas a malandragem, a desfaçatez, a cara de pau de pedir um atestado?, criticou a estudante Carolina de Sousa Toffoli, 24 anos. ?Mas não sei que diferença uma hora de trabalho a menos dele (Sobota) faria à produtividade da Câmara.?

Fonte: UOL