Sem papas na língua, Gimenez diz que será lésbica em outra vida

Sem papas na língua, Gimenez diz que será lésbica em outra vida

Segundo ela, não foi assim com o primogênito, Lucas, fruto da relação com o cantor Mick Jagger

Sem falsas modéstias, Luciana Gimenez, 42, já avisa durante a entrevista que é a "rainha da espontaneidade". E o que se ouve durante a conversa não deixa margem para dúvidas. A apresentadora não tem mesmo papas na língua.

Feliz por ter perdido 28 kg após a segunda gravidez, ela diz estar ansiosa para mostrar o corpo enxuto no Carnaval de 2012, em que ela vai desfilar pela Grande Rio.

"Você acha que eu emagreci para esconder?", disse em bate-papo com jornalistas na sede da RedeTV!, em Osasco (Grande São Paulo).

Cansada dos cliques dos fotógrafos que estavam no local, ela não se furtou quando um deles pediu para ela fazer as últimas caras e bocas.

"Homem é chato, né?", brincou. "Vou virar lésbica na próxima encarnação."

Além da aparição na Sapucaí, a apresentadora tem planos de investir mais na carreira de atriz no ano que vem.

Se neste ano ela apareceu como uma senhora de 70 anos em "O Filmes dos Espíritos", no próximo ela está negociando atuar em dois longas diferentes --um deles a ser rodado nos Estados Unidos.

No "Superpop", que ela apresenta na RedeTV!, a intenção é investir mais no reality show "Gimenez na Real", que mostra retalhos da vida dela.

"Começou como uma brincadeira, mas agora vamos profissionalizar", afirma.

SEGREDO

Luciana diz que o segredo para voltar à boa forma nove meses depois de ter o segundo filho, Lorenzo, está sendo amamentar.

"Dou de mamar, então o metabolismo acelera", afirma.

"Meu filho é muito faminto", diz a apresentadora. "Ele puxou ao Marcelo [de Carvalho, sócio da RedeTV!]. O apelido dele é Gordo."

Segundo ela, não foi assim com o primogênito, Lucas, fruto da relação com o cantor Mick Jagger.

"Eu cozinhava para o Lucas, por isso que ele não comia", conta, aos risos. "[Na época], não tinha babá, não tinha cozinheira. Eu que fazia tudo."

Mesmo contando com mais comodidades agora, ela não pensa em tentar uma menina para completar a família.

"Nem que ele me pague", diz, referindo-se ao marido. "Se ele quiser fazer uma barriga de aluguel eu estou topando."

Fonte: F5